Imagem: Nvidia

É fato: ninguém mais aguenta as notícias sobre escassez no mercado de chips. Por isso mesmo, uma notícia vinda da Nvidia promete animar este início de ano: a produção e disponibilidade de GPUs deve melhorar no 2º semestre de 2022.

Isso é especialmente interessante para quem está de olho na próxima geração de placas de vídeo da marca, a aguardada série RTX 40.

Nvidia otimista

O comentário sobre esse assunto aconteceu durante a participação da Nvidia na 24ª edição da Annual Needham Growth Conference. No evento, a CFO da empresa, Colette Kress, afirmou que a crise no setor de GPUs deve melhorar na segunda metade deste ano.

Em sua fala na conferência, a executiva explicou que o interesse pelas placas GeForce cresceu consideravelmente ao longo de 2021 e que a demanda do mercado superou sua capacidade de oferta de hardware, mas que a companhia está confiante em seus suprimentos e estoque para o próximo semestre.

GPUs

Imagem: Nvidia

O aumento do interesse geral por games – com a Steam batendo recorde de usuários ativos –, a chegada do metaverso e o gerenciamento do portfólio da marca para lidar com a demanda das GPUs para mineração de criptomoedas também são citados por Kress como fatores importantes para esse momento de crescimento acelerado da Nvidia.

Seja como for, há rumores que reforçam a fala da CFO para um 2º semestre mais otimista da empresa. Supostamente, a Nvidia teria investido alguns bons bilhões de dólares para garantir um lote robusto de wafers de 5 nm da TSMC para produzir os chips de codinome Ada Lovelace, o coração das GPUs RTX 40.

Se isso for verdade, as placas de vídeo next-gen da companhia podem ter um período de lançamento bem mais promissor do que o da família RTX 30. Agora é cruzar os dedos – e juntar uma graninha, é claro.

Via: Wccftech

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.