Em uma parceria bastante aguardada pelo mercado, Sony e TSMC confirmaram nesta terça (9) que estão se unindo para montar uma nova fábrica de chips no Japão. A empreitada deve custar um total de US$ 7 bilhões e só será concluída em meados de 2024.

Os chips de Sony e TSMC

Segundo as informações obtidas pelos jornal Nikkei, a ideia da dupla é aproveitar os incentivos do governo japonês para atender à demanda global cada vez mais intensa por semicondutores – um negócio que ainda sofre com a falta de insumos em escala global.

Para levar o projeto adiante, a TSMC vai criar uma subsidiária local chamada Japan Advanced Semiconductor Manufacturing. Essa empresa japonesa vai contar com uma fatia de participação da Sony, que está investindo US$ 500 milhões na nova fábrica.

james feaver cv3wn Erx7w unsplash 1

Imagem: James Feaver on Unsplash

Com esse prospecto bastante positivo de uma indústria cada vez mais lucrativa, o que estará na linha de produção da dupla? Não os CPUs com litografia de 5 nm, bastante cobiçados pelo mercado de eletrônicos, nem o SoC de 7 nm que a AMD criou para o PlayStation 5.

A ideia é que, quando a fábrica estiver pronta, ela trabalhe inicialmente com chips “gigantes” de 22 nm a 28 nm. Parece uma tecnologia antiquada demais, mas tratam-se de componentes que estão praticamente inexistentes dentro do segmento automotivo e de equipamentos industriais – setores tão ou mais lucrativos que o de consoles e celulares.

Fonte: Engadget

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *