A BMW anunciou que não estará com funcionários presentes para os eventos de mídia da CES 2022. O Consumer Electronics Show é um evento de grande porte de prévia de eletrônicos para o consumidor final e acontece anualmente em Las Vegas.

O público da CES, que já chegou a superar 100.000 participantes, deve ser menor com diversos cancelamentos em 2022 por conta do aumento de casos da pandemia nos EUA.

Cerca de 14 cancelamentos para a CES 2022

Outras empresas já anunciaram cancelamentos totais ou parciais no evento. Entre elas, Intel, AMD, MSI, GM, Google, T-Mobile, Amazon, Meta, Waymo, Microsoft, Twitter, Google, Lenovo e várias publicações de tecnologia como The Verge, que relatou os últimos cancelamentos.

A BMW afirmou que mudará todas as atividades da CES para um programa online realizado na Alemanha em 5 de japação será totalmente virtneiro. Fãs da fabricante estavam ansiosos para ver o carro que muda de cor ao toque de um botão. Apesar da empresa dizer que terá “presença no piso de exibição”, é provável que não tenha funcionários demonstrando nada.

Panasonic tem planos para uma CES 2022 híbrida

Já a IBM confirmou que sua participação será virtual. A Mercedes-Benz também participará apenas virtualmente.

A Panasonic irá participar do evento virtualmente, mas enviará staff limitado para local. A CEO nos EUA, Megan Myungwon Lee afirmou que “seguimos com planos para uma CES híbrida, com uma presença física modificada, com staff limitado no local”. A empresa afirmou que construirá uma plataforma virtual para mostrar seus produtos em energia sustentável, mobilidade inteligente, experiências imersivas, soluções de tecnologia de alimentos, tecnologias para estilo de vida e ambientes saudáveis.

Como presenças confirmadas na CES ainda estão LG, Sony e Samsung.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *