À medida que o maior evento de tecnologia do ano se aproxima, a preocupação com a nova variante do coronavírus aumenta e atinge mais empresas. Agora, a Lenovo se uniu formalmente às já desistentes Amazon, Twitter, T-Mobile, AT&T e outras, anunciando a sua retirada da CES 2022.

“Depois de monitorar de perto as tendências atuais em torno da COVID, é do interesse da saúde e segurança de nossos funcionários, clientes, parceiros e nossas comunidades suspender todas as atividades no local em Las Vegas”, disse a empresa, em nota.

 

A Lenovo avisa, no entanto, que a retirada é apenas do evento presencial, mas a intenção de anunciar novidades permanece.

“Embora esta seja uma mudança de planos, estamos ansiosos para que todos vocês vejam o lançamento de nossa mais recente tecnologia, conforme programado para 4 e 5 de janeiro”, completou a empresa, no mesmo comunicado via Twitter.

 

CES 2022: ainda terá?

A lista de empresas que estão retirando seus estandes físicos de Las Vegas tem crescido nos últimos dias. Além da Lenovo, outras gigantes também já bateram em retirada: Amazon, AT&T, Meta, Pinterest, TikTok, Twitter.

A T-Mobile também aderiu recentemente à decisão, mas optou por diminuir consideravelmente a equipe presencial, permanecendo como patrocinadora.

“A T-Mobile continuará a servir como patrocinadora da CES e patrocinadora do título do DRL Championship Race, mas a grande maioria de nossa equipe não viajará para Las Vegas”, afirmou a empresa, via comunicado. Mike Sievert, CEO da T-Mobile, também cancelou suas apresentações presenciais e afirmou que elas não serão substituídas por uma versão virtual.

Ainda não está claro sobre o impacto que esses anúncios terão no evento presencial (se é que terão alguma influência). É possível que o encontro permaneça da forma como foi programado presencialmente, com algumas apresentações online, mas isso só o tempo dirá.

O evento, por enquanto, continua programado para acontecer em Las Vegas, como sempre foi, entre os dias 5 e 8 de janeiro — com alguns pré-anúncios para a terça-feira, 4.

A última CES “presencial” foi em 2020, ainda antes da Covid-19 se tornar uma pandemia de fato. Este ano, a CES foi apresentada em formato completamente digital devido à crise.

 

ces 2021 world no date 1920x816

O que esperar para os próximos capítulos?

Enquanto aguardamos outras mudanças nos 45 do segundo tempo, algumas gigantes já apresentaram um gostinho do que serão as apostas delas para próximo ano em tecnologia. A BMW, por exemplo, prometeu demonstrar como mudar a cor de um carro físico com o apertar de um botão.

Como eles farão isso? Só esperando janeiro para saber.

Intel, Nvidia e AMD também marcam conferência para o dia 4 de janeiro, com apresentações que já estavam confirmadas para serem online.

As expectativas incluem: a AMD com a próxima geração da linha Ryzen para notebooks, assim como os novos processadores Ryzen “Vermeer-S” para desktop; a nova família Alder Lake de 12ª geração e a GPU Arc Alchemist apresentadas pela Intel; e as novas placas de vídeo da família GeForce pela Nvidia.

Presencial ou não, sabe o que terá com certeza? A cobertura completa aqui no TecMasters. Fiquem ligados, porque traremos todas as novidades assim que elas forem divulgadas.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *