Imagem: Christian Wiediger/Unsplash

Acredite se quiser: os preços das GPUs estão voltando a cair. Embora o segmento esteja sob diversas incertezas, as placas GeForce RTX Série 30 (Nvidia) e Radeon RX 6000 (AMD) apresentam leves baixas em seus preços desde dezembro do ano passado. Ainda assim, elas seguem custando bem mais do que deveriam.

GPUs de Nvidia e AMD um pouco mais baratas

De acordo com um levantamento feito pelo 3DCenter.org, as duas linhas de GPUs estão custando “apenas” 167% e 177% a mais do que o preço sugerido pelas fabricantes. Claro, isso está longe de ser o ideal, mas não chega perto das altas robustas vistas principalmente em maio de 2021.

Comparação GPUs

Imagem: Divulgação/3DCenter.org

Vale lembrar que essa baixa de preços provavelmente não foi afetada pelo crash das criptomoedas. Na semana passada, o mercado de moedas digitais perdeu mais de US$ 500 bilhões em capitalização, por motivos como aumento da taxa de juros do Fed, a correlação do bitcoin com Wall Street e uma proposta de proibição geral de cripto do banco central russo.

Combinado com a atualização da rede de blockchain Ethereum — que reduzirá os lucros de mineração por GPUs —, é possível que os preços de placas de vídeo possam cair ainda mais nas próximas semanas. Mas isso apenas no papel, uma vez que existem diversos “poréns” neste processo.

Queda de preços pode ser temporária

Isso porque a TSMC, maior fabricante de semicondutores do mundo, anunciou recentemente aos seus principais clientes que planeja aumentar os preços de seus componentes em até 20%. Naturalmente, essa alta seria repassada para os consumidores finais por meio de CPUs e GPUs mais caras.

Por conta deste motivo, algumas placas de vídeo que têm ficado mais baratas devem ficar mais caras se o anúncio for concretizado. Nvidia e AMD até têm lançado GPUs de níveis mais básicos (como RX 6500XT e RTX 3050), mas é incerto se as ações serão suficientes para manter a oferta de produtos mais baratos — ainda mais com o novo avanço da Covid-19.

Importante destacar que os dados coletados pelo 3DCenter.org são baseados nos preços sugeridos pelas fabricantes dos EUA e podem não considerar todos os mercados internacionais. Não que a notícia seja ruim, mas deve ser “comemorada” com muita cautela — e talvez por tempo limitado.

Via: VideoCardz

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.