Quem tem procurado por placas de vídeo sabe como os componentes estão bem mais caros do que antigamente — por fatores que vão desde a crise dos chips até a alta do dólar. No entanto, recentes vazamentos de Nvidia, AMD e Intel podem indicar que GPUs mais econômicas devem chegar ao mercado em 2022.

Claro, existem diversos “poréns” durante este trajeto. É preciso saber se as especulações serão confirmadas, se as fabricantes vão atender à alta demanda dos consumidores e se os preços, de fato, serão mais atrativos. De todo modo, a luz no fim do túnel parece muito mais brilhante do que de meses atrás.

Placas de vídeo mais baratas… será?

Há bons indícios para acreditar na hipótese. A primeira delas foi o recente vazamento do leaker “hongxing2020”, que sugere o retorno das placas de vídeo RTX 3050 e RTX 3050 Ti — popularmente adotada em latptops —, mas desta vez para desktops, em janeiro do ano que vem.

Segundo as informações, ambas as GPUs chegariam com os chips GA106, os mesmos utilizados para alimentar a RTX 3060. Esta última é uma das placas RTX 30 mais baratas do mercado, mas as novas RTX 3050 e RTX 3050 Ti, mais modestas (com 3.072 núcleos CUDA e 8 GB de VRAM), poderiam ocupar esse posto.

Nvidia GeForce RTX 3090

Imagem: Divulgação/Nvidia

É certo que a RTX 3060 12 GB tem sido vendida muito mais cara por conta da falta de estoque e o mesmo poderia acontecer com as supostas “novas” GPUs da Nvidia. Contudo, fornecer placas de vídeo mais baratas sem recorrer a arquiteturas antigas pode dar um pingo de esperança — mesmo que mínimo.

A boa notícia é que as expectativas não ficam só “nas costas” da Nvidia. Há poucos dias, o leaker chinês revelou que a AMD pode estar planejando o lançamento de mais duas GPUs de entrada para o início de 2022: a Radeon RX 6500XT e a Radeon RX 6400.

Embora esses componentes possam ser baseados no chip Navi 24 e na arquitetura RDNA 2, suas configurações seriam bem mais discretas, com apenas 4 GB de memória GDDR6 e bus de memória 128-bit. Ao menos no papel, configurações mais modestas significam preços mais baixos, ainda mais por serem modelos de entrada.

GPU Radeon da AMD

Imagem: Divulgação/AMD

E não se pode esquecer da Intel. Segundo o famoso vazador TUM_APISAK, a placa de vídeo Intel Arc A380 da big tech deverá chegar ao mercado com baixo custo — algo em torno de US$ 200 ou US$ 250 —, mas apresentando um desempenho próximo de uma Nvidia GTX 1650 Super.

Só o tempo dirá

Novamente, existem diversos fatores a serem considerados. Por ora, todos os vazamentos são especulações — e serão até um posicionamento oficial das empresas. Além disso, é possível que poucas mudanças sejam vistas nos preços se nenhum avanço para combater a escassez de componentes for observado.

Fora isso, existe a dúvida se essa possível diminuição de preços chegará ao Brasil. Em uma hipótese de melhora no abastecimento, a alta do dólar em relação ao real pode não trazer mudanças significativas no bolso dos consumidores, mesmo com placas de vídeo mais econômicas. Ou seja, o cenário econômico fará (muita) diferença.

Até por isso, não há como cravar se a chegada de novas GPUs mais modestas será traduzida em componentes mais baratos. De fato, há indícios que apontem para isso — junto de um pingo de esperança —, mas só o mercado e o cenário econômico global poderão confirmar essas expectativas.

Fonte: PCWorld

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *