A Lenovo apresentou nesta terça-feira (4) na CES 2022 os primeiros notebooks rodando Windows 11 com o novo chip de segurança Microsoft Pluton. Tanto o ThinkPad Z13 quanto o Z16 usam o novo processador Ryzen 6000, da AMD – também apresentado hoje em Las Vegas.

Lenovo ThinkPad CES 2022 com Microsoft Pluton

Imagem: Lenovo

Em novembro de 2020, a Microsoft anunciou que passaria a integrar seu chip de segurança Pluton nos processadores da Intel, AMD e Qualcomm.

Apresentado pela primeira vez com o Xbox One e o Azure Sphere, o Microsoft Pluton emula um TPM (Trusted Platform Module) para proteger o processo de inicialização, as chaves de criptografia e as credenciais diretamente na CPU. O objetivo é impedir que os agentes de ameaças obtenham acesso a essas informações confidenciais.

“O Pluton é um processador de segurança projetado para armazenar dados confidenciais, como chaves de criptografia, com segurança dentro do hardware, que é integrado à matriz da CPU de um dispositivo e, portanto, é mais difícil para os invasores acessarem, mesmo se tiverem a posse física de um dispositivo “, explicou David Weston, diretor de segurança corporativa e de sistema operacional da Microsoft.

Lenovo ThinkPad CES 2022 com Microsoft Pluton

Imagem: Lenovo

O Pluton também possui verificações integradas de integridade de firmware para evitar que um malware faça modificações maliciosas no sistema.

“A criptografia de dispositivo pode usar o Pluton quando está configurado como o TPM para proteger com segurança as chaves de criptografia de ataques físicos e ajudar a manter os dados protegidos de olhares indiscretos.”

Via: Bleeping Computer

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *