Enquanto o Steam Deck não chega ao mercado — a chegada do PC/console foi adiada para o início do ano que vem —, a Valve aproveitou para revelar novos detalhes sobre seu portátil durante a recente Conferência Virtual do Steamworks no último dia 12.

Dentre as novidades, vale destacar novas informações sobre o SoC (system-on-a-chip) do dispositivo, a escolha da memória LPDDR5, recomendações para otimizar o desempenho do Steam Deck e comparativos entre as versões que estarão disponíveis. Confira!

Prazer, Aerith

SoC Aerith, do Steam Deck

Imagem: Divulgação/Valve

O nome até pode parecer algum novo título que chegou à Steam ou um chefão de um RPG qualquer. No entanto, “Aerith” é apenas o codinome do SoC, que nada mais é do que o conjunto de componentes que integram o Steam Deck.

O bloco APU — os processadores da AMD com GPU integrada — é uma combinação das tecnologias Zen 2 e RDNA2 da fabricante de placas de vídeo. Ele foi projetado para acomodar um nível relativamente baixo de potência térmica (TDP), que pode variar entre 4W e 15W.

Inclusive, segundo o engenheiro da Valve, Yazan Aldehayyat, o nível de desempenho por watt alcançado no portátil não teria sido possível usando qualquer outro processador “de prateleira” disponível no mercado.

Limitador de FPS e clocks de CPU e GPU

Embora o TDP seja relativamente baixo, não há limite rígido de quanta energia pode ser consumida pelo Steam Deck. Até por isso, a Valve recomenda que os desenvolvedores adicionem um limitador de taxa de quadros (FPS) a seus jogos.

Mesmo que não façam, a própria Valve estuda anunciar um limitador global de FPS para que os players definam o equilíbrio ideal entre desempenho e duração de bateria que melhor atender às suas necessidades.

Imagem do Steam Deck, futuro PC portátil da Valve

Imagem: Divulgação/Valve

Ainda no assunto desempenho, a empresa informou que os clocks de CPU e GPU são relativamente baixos para que o desempenho nos jogos seja consistente em todos os cenários. Por conta disso, eles evitaram tecnologias de turbo boost, vistas em smartphones e notebooks, por exemplo.

Motivo da escolha da memória LPDDR5

Ainda durante a conversa, Aldehayyat justificou a escolha da memória LPDDR5 por conta de sua largura de banda. A combinação com a APU do portátil, que funciona com barramento de memória de 128 bits a 5,5 GHz, resulta em um total de 88 GB/s de largura de banda.

Além disso, a outra vantagem da LPDDR5 é sua eficiência energética: a memória oferece diversos recursos de economia de energia que se manifestam em cenários de menor consumo, como em jogos 2D ou durante inatividade e suspensão do portátil.

Ao todo, o Steam Deck oferece 16 GB de memória RAM, que são unificados. Embora o executivo aponte que os jogos da Steam perfomem bem com 8 ou 12 GB, a Valve optou por adicionar mais memória para evitar impasses no longo prazo.

Comparação das versões do Steam Deck

Perto do fim da apresentação, foi divulgado uma comparação superficial entre as versões disponíveis do console. Sem surpresas, foi mostrado que a variante com 64 GB carrega e inicializa mais lentamente do que o modelo com SSD NVMe de 512GB.

Comparação Steam Deck

Imagem: Reprodução/Valve

A boa notícia é que a experiência dos jogadores não deve ser afetada, mesmo que optem pela versão mais barata do PC/console.

FSR em todos os jogos

Já na seção perguntas e respostas, Sebastian Nussbaum, vice-presidente de Produtos e Tecnologias da Unidade de Negócios Semi-Customizados da AMD, confirmou que a Super Resolução FidelityFX será introduzida em um nível de sistema operacional em uma atualização futura do portátil.

Isso significa que a tecnologia, que aumenta as taxas de quadros ao mesmo tempo em que fornece experiências de alta resolução, será aplicada mesmo em jogos que não tenham suporte nativo ao FSR.

Vale lembrar que a estreia do Steam Deck, que estava programada para dezembro deste ano, foi adiada para fevereiro do ano que vem devido a componentes que não chegaram às instalações de fabricação a tempo da janela de lançamento.

Felizmente, a expectativa é de que novas informações sejam reveladas pela Valve até a chegada oficial do produto.

Fonte: Wccftech

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *