Imagem: Vasilis Asvestas/Shutterstock

Apesar de ter revelado recentemente que Elon Musk faria parte de seu conselho, o Twitter anunciou no último domingo (10) que o empresário rejeitou sua oferta. A decisão é uma virada dramática nos acontecimentos da rede social.

Isso porque na semana passada o bilionário se tornou o maior acionista da empresa ao comprar uma participação de 9,2%.

Em uma nota postada no Twitter, o presidente-executivo da rede social, Parag Agrawal, disse que a empresa manteve muitas discussões com Elon Musk sobre ingressar no conselho da rede social.

No entanto, Agrawal não citou o motivo pelo qual Musk declinou o convite – embora tenha dito que a nomeação deveria entrar em vigor no sábado (09). Mesmo assim, ele cita que isso talvez “seja o melhor. Haverá distrações pela frente, mas nossos objetivos e prioridades permanecem inalterados”.

A questão é que a resposta negativa de Musk deve ter sido tão abrupta que, na manhã desta segunda-feira (11), o empresário ainda estava listado como membro do conselho administrativo do Twitter.

Twitter

Imagem: XanderSt/shutterstock.com

Desde que foi anunciado como membro do Twitter, o empresário foi alvo de diversas especulações sobre suas intenções – principalmente em relação a decisões corporativas. Inclusive, sua entrada na plataforma deixou alguns funcionários apreensivos com o futuro da moderação de conteúdo na plataforma.

Como dito, ainda não se sabe o impacto dessa decisão, embora Elon Musk ainda pareça engajado em realizar algumas mudanças na rede social, como transformar a sede do Twitter em um abrigo para sem-teto e trazer mudanças para o sistema de assinaturas Twitter Blue.

Via: Reuters

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.