O TikTok, da chinesa ByteDance, chegou para bater de frente com o império atualmente comandado por Mark Zuckerberg e tem tudo para se assumir a posição de terceira maior rede social (muito) em breve.

Isso é o que aponta uma estimativa recente realizada pela consultoria Insider Intelligence (antigamente conhecida como eMarketer). O levantamento, com insights publicados pelo TechCrunch, mostra que a rede social de vídeos curtos irá bater a marca de 755 milhões de usuários mensais em 2022 — perdendo, por enquanto, apenas para Facebook e Instagram.

Não apenas isso: o TikTok vem em uma crescente consistente. Em 2020, o aumento na base de usuários foi de 59,8%; enquanto que em 2021, foi de 40,8%.

Vale dizer que as estimativas traçadas pela Insider Intelligence utilizam uma base de dados própria, que acompanha o crescimento das redes ao longo dos anos. Dessa forma, ela consegue fazer uma análise mais detalhada e que é diferente das análises que os próprios negócios fazem de suas próprias plataformas.

Por exemplo: a consultoria conta como usuário ativo aqueles que se conectam ao menos uma vez por mês e de forma consistente pelo período de um ano. Assim, é possível extrair uma análise mais próxima do real também.

E agora, Mark?

Abaixo, um comparativo rápido das do trio de empresas, para se ter uma ideia da dimensão de crescimento do TikTok, segundo dados da Insider Intelligence. Os números são referentes às estimativas para 2022:

  • Facebook: terá 2,1 bilhões de usuários mensais,
  • Instagram: 1,28 bilhão de usuários mensais,
  • TikTok: 755 milhões de usuários mensais (à frente de outras duas redes sociais, Snap e Twitter).

Na visão de Debra Aho Williamson, analista principal da Insider Intelligence, a ascensão do TikTok “é especialmente desafiadora para o Snapchat” por conta da mecânica das redes. Ambas têm sua base nos vídeos curtos e focam principalmente no público mais jovem.

Mas isso não significa que a Snap é a única que tem de se preocupar: “Embora o TikTok não compartilhe muita semelhança com o Twitter, seu enorme tamanho em relação à plataforma mais estabelecida é um claro reflexo da natureza viciante do conteúdo do TikTok”, completou Debra.

TikTok é o futuro?

Em comparação às outras redes sociais que participaram da análise, o TikTok é o caçula. Nascido em 2016 , cinco anos depois do Snapchat, ele tenta atualmente se promover com outras abordagens muito além das dancinhas viciantes que a fizeram famosa.

Como o próprio Mark Zuckerberg fez (e ainda faz) ao longo do tempo, a estratégia que o TikTok está explorando nos últimos anos inclui a liberação de recursos similares às principais funcionalidades de redes vizinhas e concorrentes.

O intuito? Ganhar relevância e jogar em campos dominados por outras redes sociais — claro.

Nos últimos dias, por exemplo, TikTok anunciou o Live Studio, que permite fazer a transmissão ao vivo de jogos diretamente do PC e concorre diretamente com a Twitch.

Em agosto, a plataforma também aderiu aos Stories, e alguns dias depois ela anunciou uma integração para permitir compras de produtos, em uma parceria com a Shopify — o que abre caminho para uma dinâmica similar a que outras redes já fazem, como o próprio Instagram e o Pinterest. Até na onda dos NFTs o TikTok entrou.

Isso não significa, no entanto, que a ByteDance vai ser bem-sucedida em todos os recursos que decidir apostar para o TikTok. A própria empresa chegou a afirmar recentemente ao TechCrunch que mesmo que a plataforma teste novas ferramentas, “isso não significa que elas ficarão para sempre”.

Mas os números mostram que a rede social está com a vantagem e deve se aproveitar do momento de popularidade.

Em downloads, por exemplo, o TikTok bateu a marca de 2 bilhões na App Store e no Google Play. Em termos de tempo mensal gasto na plataforma, o crescimento foi de 65% só nos Estados Unidos.

Aqui no Brasil, a mídia é uma das queridinhas. O País é o segundo que mais utiliza o TikTok no mundo, respondendo por 40% da base de usuários globais e perdendo apenas para a própria China, segundo levantamento realizado pela consultoria Statista.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *