Geoff Keighley está empolgado com a edição deste ano do The Game Awards. E quando o organizador do evento não esconde sua felicidade, os gamers podem se preparar para uma batelada de novidades chegando junto do TGA 2021.

Em entrevista à Epic – sim, da Epic Games Store e Unreal Engine –, o jornalista e apresentador disse que, após uma edição mais morna e focada em celebridades e apresentações musicais, o foco da nova transmissão será mesmo os jogos.

O TGA 2021 acontece no próximo dia 9 de dezembro, às 22h (horário de Brasília), e vai contar com a cobertura do TecMasters.

TGA 2021 é dos jogos

Ao todo, Keighley espera mostrar de 40 a 50 jogos ao longo de toda a extensão do evento, entre trailers, teasers, prévias e clipes diversos. Como as negociações ocorrem até o último momento, é difícil definir a programação certa de antemão.

Mesmo assim, a expectativa é que o TGA 2021 traga ao menos uma dúzia de revelações de games inéditos – incluindo muito conteúdo next-gen. “Sinto que ainda mal arranhamos a superfície do que é possível fazer no PS5 e no Xbox Series X, então acho que vocês verão algumas coisas no evento que são realmente impressionantes”, afirma o organizador.

Eddie Vedder Screenshot

Geoff Keighley (Imagem: The Game Awards)

Ele também afirma que haverá material dedicado às mídias de entretenimento mais tradicionais, como cinema e TV. Na prática, estamos falando de séries e filmes baseados em franquias dos games, como o megasucesso “Arcane“, da Netflix, e o vindouro seriado de “The Last of Us“, da HBO.

Prêmios dessa categoria, inclusive, não estão descartados para o futuro. “Provavelmente, no ano que vem, poderemos adicionar uma categoria de melhor adaptação ao The Game Awards”, disse.

Metaverso, NFT e outras buzzwords

Com o TGA 2021 se tornando um evento digital no ano passado, em decorrência da pandemia, sua presença digital se tornou ainda mais massiva. A audiência que acompanha a premiação pela internet, por exemplo, saltou de cerca de 45 milhões para 83 milhões. A expectativa para este ano? Ao menos 100 milhões de pessoas.

Mas isso não é tudo. A ideia é que a transmissão chegue a um público ainda maior e seja cada vez mais imersivo. Para isso, é claro que a organização deve recorrer ao crescente interesse pelo metaverso.

Education 1

O metaverso da Meta – ex-Facebook (Imagem: Meta)

“Estamos começando a explorar a ideia de encontrar novas maneiras de distribuí-lo usando jogos e tecnologia de jogos. Essa é a nossa próxima plataforma, certo? Somos um evento sobre jogos de videogame, então, é claro, deveríamos exibi-lo dentro de jogos de videogame, se possível”, brinca Keighley.

Se o metaverso foi checado na lista de palavras e termos do momento, que tal se envolver também com as NFTs, então? E aí, que o trem do hype acaba para o apresentador e o TGA 2021. “Não vamos fazer nada relacionado a NFT”, disparou.

Fonte: Eurogamer

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *