Excesso de sinceridade? Seja lá o que for, para quem está pensando em comprar o novo iPhone 13, a declaração de Steve Wozniak – cofundador da Apple – pode ser um balde d’água fria.

Na visão do engenheiro e programador, o novo dispositivo da Apple não oferece atualização suficiente que justifique sua compra. Resumindo, para aqueles que já possuem o iPhone 11 ou 12, continuem com seus telefones. Não somos nós que estamos dizendo, mas Wozniak – ele acredita que o iPhone 13 é “praticamente idêntico” aos modelos anteriores da marca.

Lançado em setembro, o iPhone 13 traz uma série de melhorias em relação aos modelos interiores. Entre os principais avanços estão os aprimoramentos da câmera e também uma maior vida útil da bateria dos smartphones.

iPhone 13 Pro

Entre as melhorias da nova linha da Apple estão as câmeras do novo iPhone – Imagem: Shutterstock

“Eu tenho o novo iPhone; sinceramente, não consigo dizer a diferença”, comentou Wozniak. “O software que está nele se aplica a iPhones mais antigos, eu presumo”.

O sentimento do cofundador da Apple é compartilhado por muitos analistas e consumidores nos últimos anos. A crítica maior é sobre a estagnação dos recursos mais recentes de cada novo modelo do iPhone. Mesmo análises positivas sobre o iPhone 13 observam a falta de inovação.

Não é de hoje…

Steve Wozniak criou o computador Apple I na década de 70 e foi um dos principais engenheiros da empresa até sua saída, em 1985. Esta não é a primeira vez que ele mostra descontentamento com um novo lançamento do iPhone. Em 2017, no lançamento do iPhone X, Wozniak disse que aquele seria primeiro modelo que ele não iria comprar no dia do lançamento.

“Prefiro esperar e assistir”, declarou Woz na época. “Estou feliz com meu iPhone 8 – que é igual ao iPhone 7, que é igual ao iPhone 6, para mim”.

Na última quinta-feira (28), após a divulgação dos resultados do trimestre, as ações da Apple caíram ligeiramente. A situação piorou no dia seguinte, o que levou a Microsoft oficialmente a ultrapassar a gigante de Cupertino e assumir a posição de empresa mais valiosa do mundo.

Fonte: Yahoo Finance

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *