Após a Nasa ter indicado para a possível existência de água na Lua, chegou a vez da China também encontrar evidências do elemento no satélite natural da Terra.

Em um estudo publicado no site Science.org, pesquisadores chineses confirmam que a sonda Chang’e 5 encontrou evidências de que haveria água na Lua. Para chegar a esta conclusão, a sonda analisou teve que analisar a superfície lunar com seu espectrômetro.

Imagem do estudo das rochas da Lua

Imagem: Science.org

Já em uma das rochas analisadas, a sonda encontrou uma concentração de água de 120 partes por milhão (ppm), o que é claro, torna a superfície lunar bem mais seca que a da Terra.

Amostras da superfície da Lua foram coletadas em 2020

Apesar da publicação do estudo ter ocorrido apenas agora, as amostras lunares analisadas em questão foram obtidas pela Chang’e 5 ainda em 2020 na bacia Northern Oceanus Procellarum, o seu local de pouso.

Em relação à evidência encontrada, os cientistas acreditam que a água vista na amostra veio a partir do vento solar, que teria trazido átomos de hidrogênio até a superfície lunar. Agora, a China está conduzindo mais duas missões na Lua com sondas diferentes, que examinarão o mesmo local para obter mais detalhes sobre a questão da água presente na superfície lunar.

Via: Engadget

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *