Ninguém imagina que a mudança de nome do Facebook para Meta foi assim, da noite para o dia, certo? Muito menos que foi fácil e “barato”. Um dos obstáculos que Mark Zuckerberg ainda tem pela frente – e pouca gente sabe – está ligado ao registro da marca “Meta”, que já é usada por uma empresa de computadores.

registro marca Meta PC

Pedido de registro de marca da empresa de computadores – Imagem: TMZ

Em agosto, quando a mudança de nome do Facebook ainda não era notícia, os fundadores de uma empresa chamada “Meta PC” registraram a palavra “Meta” para PCs, notebooks, tablets e outros produtos de tecnologia. Os criadores da empresa alegam que já usam o nome há mais de um ano, mas que só decidiram registrar oficialmente o nome da marca mais recentemente.

Ainda que o pedido de marca registrada não tenha sido concebida, os donos já tem um preço para ceder o registro para Zuckerberg: “apenas” 20 milhões de dólares.

É bem provável que a Meta (ex-Facebook) negocie o valor. De qualquer forma, a empresa de PCs teria um custo elevadíssimo para renovar toda a marca da empresa.

Dobrar a meta

Mesmo antes de colocar as mãos em qualquer dinheiro por essas questões de marca, a “Meta PC” já se deu bem com os anúncios do Facebook da semana passada: seus canais em redes sociais viram um aumento de seguidores na casa de impressionantes 5.000%.

Se os proprietários da marca verão algum centavo saindo das contas de Zuckerberg é assunto para os próximos capítulos. Fontes próximas às discussão acreditam que a nova “Meta” tem, sim, os direitos necessários para adotar a marca em seus produtos e serviços.

Fonte: TMZ

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *