É quase um ciclo: a cada nova tecnologia que chega, uma mais obsoleta deixa de funcionar. Seguindo esta linha, a adesão de dispositivos 5G vai fazer com que dezenas de milhares de aparelhos Android que utilizam a rede móvel 3G parem de funcionar já no começo de 2022.

Isso porque as provedoras de internet AT&T, Verizon e T-Mobile anunciaram que vão descontinuar os serviços 3G para focarem no suporte a serviços 4G ou LTE e 5G a partir do ano que vem.

Adeus, 3G

A primeira a dar início à mudança será a AT&T, que vai descontinuar o serviço já em janeiro. T-Mobile e Sprint devem tomar a mesma medida entre março e julho de 2022, enquanto a Verizon vai encerrar o serviço 3G somente no fim do ano que vem.

Como resultado, diversos smartphones, tablets, dispositivos médicos, relógios inteligentes e até sistemas de segurança que utilizam a rede móvel antiga podem perder a capacidade de enviar mensagens de texto, fazer chamadas ou mesmo conectar-se à internet.

Dito isso, a lista de dispositivos Android que deixarão de funcionar em 2022 inclui:

  • Samsung Galaxy Trend Lite
  • HTC Desire 500
  • Samsung Galaxy Trend II
  • Catepillar Cat B15
  • Samsung Galaxy S3 mini
  • Sony Xperia M
  • Samsung Galaxy Xcover 2
  • Wiko Dark Knight
  • ZTE Grand S Flex
  • Huawei Ascend G740
  • Lenovo A820
  • ZTE V956
  • Huawei Ascend Mate
  • UMi X2
  • Samsung Galaxy Core
  • Huawei Ascend D2
  • ZTE Grand X Quad v987
  • Run F1
  • Samsung Galaxy Ace 2
  • THL W8
  • ZYE Grand Memo
  • LG Optimus L3 II Dual
  • LG Lucid 2
  • LG Optimus L5 II
  • LG Optimus F6
  • LG Optimus L3 II
  • LG Optimus F5
  • LG Optimus L7 II
  • LG Optimus L5 II Dual
  • LG Enact
  • LG Optimus L7 II Dual
  • LG Optimus F3
  • LG Optimus F6
  • LG Optimus L2 II
  • LG Optimus L4 II Dual
  • LG Optimus F3Q
  • LG Optimus L4 Ii

Importante ressaltar que além de interferir no funcionamento dos dispositivos listados, a descontinuação do suporte 3G fará com que estes aparelhos Android fiquem mais sujeitos a ataques cibernéticos, uma vez que não será possível baixar novas atualizações.

No Brasil, o cenário não deve ser alterado tão cedo. Isso porque tecnologias como 3G e 2G ainda são maioria em estados como São Paulo e Rio Grande do Sul. Além disso, os serviços de 5G só devem ser oferecidos em solo tupiniquim a partir de julho do ano que vem.

Via: Tech Times

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *