Imagem: Divulgação/AMD

A AMD anunciou que lançará um patch para computadores Windows 11 com Ryzen que tenham demonstrado problema de lentidão, especialmente no calendário da barra de tarefas e no carregamento da central de notificações.

O problema é causado pela fTPM (Firmware Trusted Platform Module), uma peça que ajuda a assegurar placas-mãe contra invasores. O patch para a BIOS que está sendo desenvolvido pela empresa ainda deverá ser lançado em maio.

Por enquanto, a empresa recomenda aos usuários contornar o problema comprando e instalando um dTPM (Discrete TPM), uma peça de hardware para a placa-mãe que assegura a execução correta do TPM 2.0.

Alternativa para AMD Ryzen e Windows 11 envolve reinstalação

Outra alternativa, de acordo com a PC Gamer, é re-instalar o Windows 11 conforme instruções da Microsoft para desabilitar o TPM, apesar da fabricante de software avisar que se isenta de responsabilidade por qualquer problema caso o usuário decida por estes passos.

A lentidão tem causado problemas especiais para os gamers como congelamento aleatório, baixas repentinas no desempenho e aumentos de latência.

O problema do fTPM é relacionado a operações de memória na SPI flash (SPIROM), localizada na placa-mãe. Pode causar o congelamento de ações até que as operações sejam concluídas.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.