Imagem: Divulgação/EBC

Em evento realizado ontem (6) no Rio de Janeiro, Roberto Campos, presidente do Banco Central, afirmou que pretende regular o mercado de criptoativos. O motivo para regular o câmbio seria “garantir que quem vende algo tenha aquilo”.

“O maior desafio é regular o futuro. Quando você cria uma regulação não é para hoje”, disse Roberto Campos. Apesar da regulação estar em andamento, o presidente do Banco Central ressaltou como tem sido uma dificuldade no mundo inteiro fazer regulações para permitir a segurança nos ganhos sem fechar as portas para novas tecnologias.

Um dos motivos para a regulação fica pelo fato dos criptoativos terem crescido bastante no Brasil. De acordo com Campos, 83% dos ativos em cripto estão em quatro custodiantes.

Presidente do Banco Central destaca inovações em pagamentos

Sobre a criação de uma moeda digital brasileira, Roberto Campos deu a seguinte declaração: “O maior problema é como fazer a moeda digital sem afetar o crédito. [No modelo brasileiro] Os bancos vão monetizar seus depósitos emitindo ‘stablecoins’”.

Por fim, o presidente do Banco Central também destaca: “No interior do país, dinheiro [em espécie] era um problema. Muitos municípios não têm banco, as pessoas precisavam ir a outra cidade para sacar dinheiro. Criamos uma solução, que foi o Pix saque e o Pix troco”.

Esta última declaração foi dada em um momento em que Campos destacou que as inovações tecnológicas foram aceleradas por conta da pandemia em um período de inflação.

Via: Convergência Digital

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.