Se a SpaceX já tem a Blue Origin, de Jeff Bezos, como concorrente na corrida espacial moderna. Agora a Starlink, serviço de internet via satélite da empresa de Elon Musk, também vai concorrer com a Amazon, que está pronta para lançar seus primeiros satélites de banda larga, no final de 2022.

O Project Kuiper vai começar com apenas dois protótipos de satélites em órbita. Os lançamentos iniciais, previstos para o fim do ano que vem, vão ajudar a Amazon a ajustar o projeto e também os procedimentos de lançamento.

“Não há substituto para os testes em órbita e esperamos aprender muito, considerando a complexidade e o risco de operar em um ambiente tão desafiador”, disse Rajeev Badyal, vice-presidente de tecnologia do Project Kuiper.

Para lançar os satélites, a Amazon contratou a ABL Space Systems, uma startup de foguetes. Ao todo, o projeto de internet espacial da empresa de Jeff Bezos contará com 3.236 satélites.

Amazon vs. SpaceX

O Starlink, serviço de internet via satélite da SpaceX, está alguns passos a frente nessa corrida. Cerca de 2.000 satélites da empresa já orbitam a Terra e o serviço tem milhares de testadores beta. Segundo a SpaceX, mais de 500.000 pessoas encomendaram o serviço em todo mundo.

Amazon está pronta para lançar satélites para serviço de internet

Imagem: Starlink

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *