Imagem: Riot Games

Matéria produzida em parceria com Igor Shimakuburo

Para conquistar as vitórias no League of Legends, ou ao menos tentar, os jogadores costumam optar pelos campeões mais fortes de cada patch. Entretanto, a verdade é que alguns bonecos que não aparecem tanto por causa do meta ainda podem ser mais fortes do que aparentam e garantem uma boa diversão.

A equipe do TecMasters analisou alguns números, partidas e traz abaixo uma seleção de dois campeões por rota que são considerados off-meta e não aparecem com tanta frequência no cenário competitivo, mas que são fortes e boas opções para vencer alguns jogos no League of Legends.

Antes de entrar nas partidas, lembre-se que nós estamos deixando apenas algumas sugestões do que pode ser divertido e do que está forte, mas que muitas vezes dependem do nível de afinidade do jogador com o campeão. Portanto, não nos responsabilizamos por PDL perdidos ou por aquela feedadinha de leve.

Sem mais delongas, confira os campeões mais fortes do momento que não são considerados parte do meta do League of Legends no patch 12.5!

Top lane

O top tem sido dominado praticamente por Riven, Tryndamere e Kennen (no cenário competitivo), mas alguns campeões bruisers e até mais tanques podem ser boas opções.

Urgot

Nem mesmo a mudança nos itens dos lutadores acabou beneficiando o Urgot, ao menos no que diz respeito a popularidade. Apesar disso, o campeão está com uma taxa de vitórias de aproximadamente 52%, sendo que a principal runa utilizada para o mesmo é o “Pressione o Ataque”, que lhe ajuda a dar mais dano nas trocas na fase de rotas.

Já os itens utilizados no campeão podem variar um pouco. O primeiro item a ser fechado deve ser o “Quebracascos”, que continua bem forte mesmo após os nerfs. Após o mesmo, o item mítico a ser comprado deve ser a “Manopla do Raio de Gelo” ou o “Quimiotanque Turbo”, que ajudará mais na hora de perseguições.

Urgot (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Depois dos itens mencionados acima, os jogadores ainda devem fazer a “Hidra Titânica”, que dará dano em área e ajudará a limpar as ondas de minions.

Illaoi

A Illaoi, apesar de não aparecer há um bom tempo no cenário competitivo, sempre foi um terror para alguns jogadores. Já após ter recebido um buff, muita gente tem voltado a usar mais a campeã do vazio, que está em um bom momento.

A runa principal utilizada pelos jogadores é o “Aperto dos Mortos-Vivos”, que ajuda a campeã a ganhar mais vida e a ter uma cura extra. Já para ter mais tranquilidade na rota e incomodar o adversário, a habilidade “Teste de Espírito (E)” é a que deve ser upada.

Illaoi (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

A sua build é praticamente a mesma de outros lutadores da rota do topo. O primeiro item a ser fechado é o “Quebracascos”, enquanto o mítico com a maior taxa de vitória é o “Ruptor Divino”.

Selva

Já a selva traz algumas surpresas que andaram sendo aproveitadas, em outros patches, na rota do topo.

Mordekaiser

Desde que passou por um rework, o Mordekaiser tem sido utilizado na maior parte do tempo na rota do topo, mas o mesmo tem um bom kit para ganks e que, por vezes, pode até salvar os aliados de uma morte quase certa.

Por conta de sua natureza mais bruiser, a runa principal utilizada por Mordekaiser no League of Legends é a “Conquistador”, sendo que isso não muda na selva.

Mordekaiser (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Em relação a itens, o mítico a ser feito é o “Criafendas”, apesar do “Explocinturão Hextech” não ser uma escolha ruim. Já a build pode ser completada com um “Cetro de Cristal Rylai” e um “Abraço Demoníaco”, itens que deixarão o querido “Rei do Metal” com dano e bastante vida.

Shyvana

Não é novidade que a Riot Games quer fazer um rework com a Shyvana, que chegou a aparecer na rota topo recentemente no CBLoL. Entretanto, é na selva que a campeão teve um aumento na sua taxa de vitórias desde o último patch.

A runa mais utilizada para a campeã é a “Pressione o Ataque”, que a ajuda na hora das trocas a dar mais dano. Apesar disso, a sua build é um tanto diferente dos magos que querem apenas explodir os seus campeões, uma vez que a Shyvana só fica realmente forte quando assume a forma de dragão e usa a habilidade “Hálito Flamejante (E)”.

Shyvana (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

O item mítico a ser feito pelos jogadores é a “Manopla do Raio de Gelo”. Depois do mesmo, os jogadores devem fazer o “Abraço Demoníaco” e, então, partir para itens mais tanque, como a “Armadura de Warmog” e a “Armadura de Espinhos”.

Mid lane

A rota do meio está com muitos campeões móveis no meta, mas mesmo quem não dispõe de tanta mobilidade ainda pode dar trabalho.

Cho’Gath

No passado, o Cho’Gath já foi bastante utilizado na rota do meio, mas recentemente o campeão andou meio esquecido e fez apenas aparições esporádicas no topo como tank. Já no último patch, na rota do meio, o Cho’Gath teve um aumento expressivo de 3% em sua taxa de vitórias.

A runa principal a ser utilizada é o “Aperto dos Morto-Vivos”, que deixa o famoso lagartão ainda mais tank ao mesmo tempo que lhe concede um dano extra.

Cho'Gath (Mid) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já o item mítico a ser comprado é o “Glacieterno”, que concede um CC extra. Para o resto da build, os jogadores podem comprar uma “Armadura de Warmog” e um “Abraço Demoníaco”. Entretanto, se o confronto estiver fácil, “Ampulheta de Zhonya” e o “Capuz da Morte de Rabadon” são ótimas opções.

Rumble

O Rumble passou recentemente por um buff que melhorou a sua quantidade de armadura. Já apesar de enfrentar mais magos no mid, esse buff também aumentou a taxa de vitória do Yordle com seu robô nesta rota.

A runa a ser utilizada por Rumble nesta rota é a “Cometa Arcano”, que ajuda o campeão a dar dano toda vez que acertar uma habilidade. Aqui, lembre-se de que o Rumble pode sofrer um pouco no começo contra campeões de ataque a distância, então, só vá para cima quando o seu oponente tiver errado uma skill ou dar oportunidade. Caso esteja em um confronto mais fácil, a runa “Primeiro Ataque” também pode ser usada.

Rumble (Mid) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

O item mítico a ser rushado pelos jogadores é o “Explocinturão Hextech”, que ajuda o Yordle a ter mais velocidade de movimento para perseguições. Já o item lendário que deve fazer parte da build é o “Chama Sombria” e, por fim, os jogadores podem optar por mais itens de penetração mágica ou que concedam um pouco mais de vida ao Yordle.

Bot lane

Partindo para a rota inferior de League of Legends, é possível ver picks pouco convencionais ou mesmo atiradores que não têm sido vistos há certo tempo. Não que eles podem tirar o posto de Zeri, Vayne ou Jinx, mas dependendo do game — e da mecânica do players — podem ser boas opções.

Veigar

Fique tranquilo que você não se perdeu: Veigar realmente está forte na bot lane. Claro que ele não vai funcionar como um atirador comum (com ataques básicos e tudo mais), mas seu escalonamento para o late game o torna um grande APC (hability power carry).

Para os que duvidam, a taxa de vitórias de 54,72% pode ser um bom indicador que ele também funciona na rota inferior. Segundo as estatísticas, as runas com maior win rate têm sido a de “Eletrocutar” com Inspiração na segunda árvore.

Veigar (Bot) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

A build pouco muda da itemização usada no mid. A preferência é pelo “Glacieterno”, mas a “Coroa da Rainha Despedaçada” pode funcionar caso tenha muito dano do outro lado. “Rabadon”, “Zhonyas” e “Chama Sombria” são ótimas opções para finalizar a build.

Twitch

A outra opção que foge do meta visto no cenário competitivo é o Twitch. Com incríveis 53,04% de win rate, o rato foi muito beneficiado após as mudanças que diversificaram suas builds. Embora seu power spike seja no mid game, ele continua a fazer estrago em partidas mais longas.

A itemização AP é uma opção, mas como o foco é subir de elo, vale optar pela build AD — que tem sido preferência. Não há muito segredo: é “Ritmo Fatal” na primária e uma árvore de “Dominação” na Secundária.

Twitch (Bot)- League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Sobre a itemização, “Mata-Cráquens” será a melhor opção para a maioria dos jogos. Em seguida, é recomendável investir em uma “Espada do Rei Destruído”, “Furacão de Runaan” e, claro, em um “Gume do Infinito”.

Suporte

A última das sugestões da lista vai para a rota de suporte. A lane do League of Legends está sendo dominada por maguinhos de peel que curam no patch 12.5? Com certeza. Mas outros campeões, que inclusive podem infringir muito dano, também têm surgido na SoloQ.

Renata Glasc

O primeiro deles é Renata Glasc. O campeão surgiu no patch 12.4 do LoLzinho e ainda divide opiniões. É fato que dano pode não ser sua principal virtude — embora haters possam contestar isso —, mas seu kit de habilidades é extremamente útil, principalmente sua skill W.

Quando lançada, suas runas focavam em dano de habilidade para pokes na lane. Contudo, segundo as estatísticas, uma construção baseada em resistência e proteção pode ser a melhor opção, por ora.

Renata Glasc (Sup) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Em relação à build, vá de “Medalhão dos Solari de Ferro” como item mítico. Posteriormente, vale investir em itens utilitários como “Redenção”, “Turíbulo Ardente” ou mesmo uma “Fimbulwinter”.

Taliyah

A campeã já figurou na rota do bot em outros tempos, mas parece voltar com tudo neste patch de League of Legends. Com taxa de vitórias de 53,4%, Taliyah pode ser um bom pick para suporte, mas exigirá que o player seja agressivo e que esteja com as skill shots em dia.

Nem pense em “Eletrocutar” nas runas. A preferência tem sido por uma árvore primária de “Inspiração”, baseada na runa “Primeiro Ataque”. “Feitiçaria” pode figurar na árvore secundária.

Taliyah (Sup) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Por fim, a itemização será baseada em dano. Na prática, isso significa ir para uma build de “Glacieterno”, “Chama Sombria”, “Cetro de Cristal de Rilay” e, se o game permitir, “Morellonomicon”.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.