Em outubro, a Intel revelou ao mundo sua 12ª geração de processadores, batizados de Alder Lake. Ao todo, seis chips fazem parte da nova linha: i5-12600KF, i5-12600K, i7-12700KF, i7-12700K, i9-12900KF e i9-12900K.

Os lançamentos fazem parte da nova era da Intel que traz arquitetura de performance híbrida. Todos eles combinam núcleos de performance – chamados “P-cores” – com núcleos de eficiência – os “E-cores”.

Isso faz com que se tenha mais desempenho em relação aos chips anteriores da Intel – mas com uma economia maior de energia. Por conta disso, os processadores são uma boa escolha para os gamers que querem jogar sem qualquer problema.

Em um exemplo, o i9-12900K, considerado o “melhor processador para jogos do mundo“, conta com o mesmo desempenho da geração anterior, mas utilizando apenas metade (50%) de energia. Ainda falando do i9, o processador conta com 16 núcleos, 24 threads e um clock base de 3,2 GHz – que pode chegar a 5,2 GHz.

Desempenho do processador para jogos

Processador Intel Alder Lake

Imagem: Divulgação/Intel

Em testes de benchmark com o i9-12900K, a Intel testou vários jogos e comparou os resultados de performance com o chip equivalente do ano anterior. Ao todo, com 31 títulos testados, o 12900K saiu na frente com uma média de 13%.

Performance games Intel

Imagem: divulgação

Em alguns exemplos, o ganho de fps foi de até 28% em relação ao processador da décima primeira geração – isso foi conseguido em “Hitman 3”.

FPS Intel

Imagem: divulgação

Vale lembrar que esses testes foram feitos usando memória DDR5-4400 no Windows 11. No entanto, segundo a Intel, os resultados de desempenho com memória DDR4 no Windows 10 são bastante parecidos. Mesmo assim, a empresa recomenda sempre a versão mais recente do sistema operacional da Microsoft para se obter o melhor desempenho.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *