Um fóssil com dez metros de comprimento foi descoberto em uma propriedade do Reino Unido. Trata-se dos restos de um Ictiossauro, conhecido como dragão marinho, a espécie foi considerada extinta há 90 milhões de anos.

Descoberto por Joe Davis, da Leicestershire and Rutland Wildlife Trust, o fóssil é considerado o mais completo do tipo descoberto até então na Inglaterra. O conservacionista afirma que encontrou o dinossauro por acaso. Isso porque ele fazia uma drenagem de rotina na área de propriedade da Anglian Water, uma empresa de água.

Fóssil

Imagem: Anglian Water/Matthew Power/Reuters

Segundo ele, a ideia era usar o espaço drenado para o paisagismo – isso antes da descoberta. “Foi absolutamente fascinante. É ótimo aprender tanto com a descoberta e pensar que esta criatura incrível já nadou nos mares acima de nós”, declarou Davis.

A descoberta ocorreu em fevereiro de 2021, mas as imagens só foram divulgadas agora. Acredita-se que a espécie poderia chegar a até 25 metros de comprimento. Além disso, especialistas afirmam que o fóssil deve ter 180 milhões de anos.

Via: CGTN

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *