Uma atualização de software da Hewlett Packard Enterprise (HPE) foi responsável por apagar 77 TB de dados críticos de pesquisa de backup do supercomputador da Universidade de Kyoto, equivalente a cerca de 34 milhões de arquivos de 14 grupos de pesquisa gerados de 14 a 16 de dezembro, de acordo com The Stack.

Devido a um defeito no programa de backup do sistema de supercomputador (fabricado pela Japan Hewlett Packard LLC) — em vez de excluir arquivos de registro antigos armazenados com backups em um sistema de armazenamento de alta capacidade — alguns dados do armazenamento da capacidade (/ LARGE0) foram apagados involuntariamente. Os dados críticos de pesquisa deletados somam 77 TB.

De acordo com o site Gizchina, a instituição não pode restaurar o backup de 4 grupos por meio do backup, portanto, sendo os dados apagados para sempre. Inicialmente, especialistas da universidade pensaram ter perdido até 100 TB. A HPE assumiu 100% da responsabilidade, admitindo que a sua própria atualização de software causou o problema.

Após o acidente, a Universidade de Kyoto postou uma declaração:

De 17:32 em 14 de dezembro de 2021 às 12:43 em 16 de dezembro de 2021, devido a um defeito no programa que dá suporte ao armazenamento do sistema de supercomputador (fabricado pela Japan Hewlett Packard LLC), o sistema de supercomputador tornou-se grande. Ocorreu um acidente no qual alguns dados do armazenamento da capacidade (/ LARGE0) foram apagados involuntariamente.

Pedimos sinceras desculpas pelo inconveniente causado.

Continuaremos a trabalhar para evitar que tal situação se repita, para que não ocorra novamente no futuro. Obrigado por sua compreensão.

Por enquanto, a equipe suspendeu o processo de backup no supercomputador. Entretanto, de acordo com a nota da Universidade de Kyoto, há planos para retomar o backup até o final de janeiro, após corrigir o problema e tomar medidas para evitar a recorrência.

Atualização da HP apaga 77 TB de dados do backup da Universidade de Kyoto

Imagem: Shutterstock

Uma nota complementar postada na terça (4) pela universidade atualizou o cenário:

O número de arquivos irrecuperáveis devido à ausência de backups foi de cerca de 25 milhões de arquivos com uma capacidade de cerca de 28 TB.
Como este valor inclui arquivos que não precisam ser recuperados, a situação real de arquivos irrecuperáveis é de cerca de 8 TB em tamanho e cerca de 3,5 milhões de arquivos.

Este armazenamento é usado principalmente para armazenar os resultados dos cálculos dos supercomputadores. Para os dados que não podem ser recuperados diretamente, mas podem ser recuperados pelo recálculo do supercomputador, estamos considerando compensar os recursos computacionais.

O número de usuários afetados pela perda dos arquivos foi de 68. O número de usuários afetados inclui pessoas fora da universidade.

O Centro confia este trabalho à Hewlett-Packard Japan, Ltd., e a Universidade acredita que houve um problema com o sistema de operação e gestão. A fim de evitar a recorrência do problema, começamos a rever a operação e os métodos de gerenciamento, incluindo o reforço do backup.

 

Com informações de Tom’s Hardware, Gizchina e Kyoto University

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *