Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

O Galaxy S22 Ultra foi apresentado junto com a série S22 pela Samsung no começo do ano, sendo que este aparelho possui câmeras que podem ser consideradas até mesmo profissionais.

O TecMasters recebeu uma unidade do Galaxy S22 Ultra para review e conta a seguir o que achou do aparelho, não apenas para fotos. Confira!

Design e acabamento

Diferente do S22 e do S22 Plus, o Galaxy S22 Ultra conta com um acabamento em que suas laterais são arredondadas enquanto sua parte de cima e de baixo são mais “retas”, sendo que nesta última existe um compartimento para a S Pen, acessório do qual comentaremos mais a seguir.

Galaxy S22 Ultra - compartimento para S Pen

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

A princípio, admito, até estranhei um pouco a pegada do celular, mas com o tempo notei que ele ficava bem seguro mesmo quando segurado com apenas uma mão.

A parte traseira do celular também conta com um acabamento diferente dos outros aparelhos da linha S22. Além do celular contar com mais lentes, as mesmas ficam mais integradas ao seu corpo, o que deixa o celular mais estável ao ser colocado sobre uma superfície reta.

Galaxy S22 Ultra - cameras

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Já em relação ao acabamento, o aparelho na cor preta se apresenta bem discreto e com poucos detalhes a serem notados, sendo que um de seus pontos positivos fica pelo fato do mesmo não sujar com facilidade. A única crítica a ser realizada fica por conta de seu peso, que é de 228 gramas, o que pode ser considerado um pouco pesado por algumas pessoas.

Para deixar o Galaxy S22 Ultra protegido, a Samsung ainda conta com algumas capinhas oficiais, como a “Smart LED View Cover”. Esta, apesar de proteger até mesmo a tela do celular, é capaz de exibir notificações e até a hora através dos seus LEDs.

Galaxy S22 Ultra - Smart LED View Cover

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Tela e som

O Galaxy S22 Ultra vem com um display do tipo Dynamic Amoled 2X de 6,8 polegadas com taxa de atualização de até 120 Hz. A tela oferece, por padrão, cores bem vivas sendo que ajustes podem ser feitos nas configurações. Não apenas isso, com uma taxa de 1750 nits, o aparelho pode ser utilizado até mesmo em locais ensolarados sem grandes problemas para visualizar o que está na tela.

Galaxy S22 Ultra - tela

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Já um ponto positivo a ser notado na versão Ultra, quando comparada aos outros modelos da linha S22, fica no fato do display oferecer uma densidade de pixels maior. Na prática, a imagem que já é boa nos outros modelos, fica ainda melhor na versão ultra, que traz resolução de 1440 x 3088 pixels.

Devido a ter uma taxa de atualização dinâmica, que vai até 120 Hz, qualquer atividade fica bem “suave” no aparelho. Quem ainda preferir, é claro, pode deixar a taxa de atualização fixada em 60 Hz.

S Pen

A S Pen vem inclusa no kit do Galaxy S22 Ultra e, como não poderia ser diferente, é um dos destaques. Logo ao tirá-la de seu compartimento é possível acessar uma série de funções, que podem tanto ser úteis como passatempos. Assim, é possível fazer desde ações simples, como criar notas, até fazer desenhos ou pinturas.

Galaxy S22 Ultra - S Pen

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Além disso, também é possível fazer outras atividades que não sejam especificamente desenhar e escrever. Por exemplo, pode-se usar a S Pen para fazer capturas de telas e até traduzir textos mais facilmente.

S Pen - TecMasters

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Já outro uso interessante da S Pen é em conjunto com a câmera do celular. A pequena “caneta” pode ser utilizada para ajudar na hora de tirar fotos com o Galaxy S22 Ultra a distância. Em todos os meus testes, a S Pen se mostrou bem precisa e não falhou sequer uma vez.

Desempenho e autonomia

Assim como os outros aparelhos da linha S22, o Galaxy S22 Ultra tem como grande novidade, aqui no Brasil e em determinados países, um processador da Qualcomm. Antes de entrarmos nos detalhes do teste, veja as principais especificações do modelo testado pelo TecMasters:

  • Processador Snapdragon 8 Gen 1;
  • 12 GB de memória RAM;
  • GPU Adreno 730;
  • 128 ou 256 GB de espaço para armazenamento;
  • Bateria de 5.000 mAh.

Na questão de aplicativos, o Galaxy S22 Ultra consegue rodar tudo de forma muito fluida, inclusive os apps mais pesados, como para editar vídeos. Para tentar forçar o celular ao máximo, até deixei diversos aplicativos rodando em segundo plano, mas como esperado, não vi lentidões ou travamentos.

Para os mais interessados em números, nos testes de CPU do Geekbench 5, o aparelho alcançou 973 pontos em atividades Single-Core e 3.204 pontos em atividades Multi-Core.

Já quando o assunto é jogos, o aparelho novamente não decepciona. Além de ter jogado algumas partidas no Wild Rift e Asphalt 9, o S22 Ultra rodou o Genshin Impact com bastante facilidade. Inclusive, mesmo com os gráficos no nível “Extremamente alto”, o Genshin Impact rodou bem, até melhor do que foi minha experiência com o Galaxy S22 Plus.

Galaxy S22 Ultra - Genshin Impact

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Nesse momento, o aparelho esquentou um pouco, mas tudo dentro do esperado e sem me oferecer qualquer tipo de desconforto. E, mais importante, em nenhum momento a performance foi comprometida pelos pequenos aquecimentos. Os jogos foram testados com a taxa de atualização dinâmica, que é no máximo de 120 Hz.

Ao contar com uma bateria de 5.000 mAh, para um uso moderado, o Galaxy S22 Ultra consegue oferecer autonomia para um dia com certa “folga” para ser utilizado até a metade do dia seguinte. Já com uso mais pesado, como para ver vídeos e jogar sem parar, a autonomia cai para 1 dia.

Em testes mais específicos meus, ao assistir apenas vídeos, com o nível de brilho no máximo, a carga de sua bateria foi de 100% para 92% em 30 minutos. Já nos jogos, também durante 30 minutos, a carga da bateria foi 92% para 75%, mas esse número deve variar dependendo do título que está em execução.

Para recarga, em 30 minutos, com um carregador de 25 W, a carga de bateria foi de 0% para 58%. Já o tempo para a recarga completa foi de aproximadamente 65 minutos.

Câmeras

O Galaxy S22 Ultra vem com um sistema de câmeras quádruplo, sendo que estas são suas lentes principais:

  • Lente principal de 108 MP com abertura f/1.8;
  • Lente periscópica de 10 MP com abertura f/4.9 e zoom óptico de 10x;
  • Lente telegráfica de 10 MP com abertura f/2.4 e zoom óptico de 3x;
  • Lente ultrawide de 12 MP com abertura f/2.2.

Independentemente das fotos serem tiradas em ambientes fechados ou abertos, a qualidade da imagem capturada pelo Galaxy S22 Ultra impressiona. As imagens saem com as cores bem vivas e um nível de detalhes altíssimo, sendo que o zoom óptico pode ajudar bastante a suprir a falta de uma lente macro.

[Review] Galaxy S22 Ultra: o celular para quem ama fotografia[Review] Galaxy S22 Ultra: o celular para quem ama fotografia[Review] Galaxy S22 Ultra: o celular para quem ama fotografia[Review] Galaxy S22 Ultra: o celular para quem ama fotografia

Ainda na questão do “zoom”, vale lembrar que o S22 Ultra conta com um zoom digital de até 100x. É claro que quando utilizado, as imagens capturadas apresentarão bastante ruído, mas até mesmo na casa dos “50x”, os resultados podem ser bem interessantes e até aceitáveis. Abaixo, deixo uma galeria com a foto na “distância original” e até onde a mesma consegue chegar com qualidade para ter uma ideia de seu nível, que me agradou bastante.

[Review] Galaxy S22 Ultra: o celular para quem ama fotografia[Review] Galaxy S22 Ultra: o celular para quem ama fotografia

Outro ponto de destaque do aparelho é o seu modo noturno. As cores são mantidas bem próximo do que é “visto pessoalmente”. Apesar do nível de ruídos gerado ser aceitável, ainda é possível notar que algumas “pontas”, como parte da camiseta, apresentam pequenas deformações, como borrões.

[Review] Galaxy S22 Ultra: o celular para quem ama fotografia[Review] Galaxy S22 Ultra: o celular para quem ama fotografia

A lente ultrawide também faz um bom serviço na hora de tirar as fotos panorâmicas, que apresentam um bom nível de detalhes, mas que não são perfeitas. O seu maior defeito são as distorções nos cantos das fotos, que aparecem com frequência.

Já a sua lente para selfies, que é de 40 MP, realiza um ótimo trabalho e apresenta resultados com um bom nível de detalhes e cores vivas.

Galaxy S22 Ultra - selfie

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Sistema do Galaxy S22 Ultra

O Galaxy S22 Ultra vem com o Android 12 e a interface One UI. Assim como nos modelos do ano passado, logo ao configurar o aparelho, o usuário tem a opção de baixar ou não uma série de aplicativos, que são úteis em sua grande maioria.

Mesmo quem não optar por todos aplicativos listados ainda acabará com alguns programas instalados. Já a boa notícia é que a grande maioria deles pode ser desinstalado sem a necessidade de root ou de apps de terceiros.

A One UI continua a se mostrar uma das melhores interfaces do Android do momento. Além da boa integração com a S Pen, o modo DeX, que permite usar o celular conectado a um monitor como um PC do tipo desktop, segue sendo um de seus destaques.

O Galaxy S22 Ultra também entrou no programa de atualizações da Samsung, que na prática garante que o aparelho receberá as próximas três versões do Android. As atualizações de segurança são válidas por 4 anos.

Preço e disponibilidade

O Galaxy S22 Ultra foi lançado no mês de fevereiro no Brasil com o preço sugerido de R$ 9.499 para o modelo de 256 GB e de R$ 10.499 para o modelo de 512 GB.

Conclusão

O Galaxy S22 Ultra conta com um acabamento diferenciado e uma das melhores telas que já testei, sendo que seu tamanho “grande” me agrada bastante. O processador Snapdragon mostra que realmente faz a diferença, principalmente na hora de quem quer jogar “pesado”.

Entretanto, o grande destaque da variante Ultra fica na questão das fotos e vídeos. Apesar do Galaxy S22 Plus e do normal já realizarem um bom trabalho, esta versão eleva a qualidade a outro nível. As fotos saem com um nível de detalhes maior e o modo noturno, mesmo ainda não sendo perfeito, ajuda demais. Já o nível de zoom em relação a quantidade que pode ser usada é impressionante.

O celular pode até vir com um preço salgado, mas é inegável que tem uma qualidade impressionante em praticamente todos os aspectos.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.