Imagem: Shutterstock

O conceito de DPI, ou Dots Per Inch (Pontos por Polegada em tradução livre), não é necessariamente novo, já que está presente há muito tempo na impressão de imagens e se refere ao número de pontos impressos em uma polegada.

No entanto, a expressão vem ganhando cada vez mais relevância no mundo digital, principalmente no universo gamer, para representar uma característica muito importante.

Pensando em explicar mais uma das tendências dos gamers atualmente, o TecMasters vai destrinchar em detalhes a aplicação do DPI nos mouses atuais.

O que é DPI?

DPI

Imagem: Unsplash

Para os usuários de mouses, o DPI é uma unidade de medida usada para definir a forma como o periférico mede a área física percorrida.

Em termos mais simples, podemos dizer que, quanto maior o DPI, mais “sensível” o mouse se torna, fazendo com que, por menor que seja o movimento do periférico, mais ele irá se mover na tela.

Para exemplificar, podemos citar um mouse se movendo um centímetro para a esquerda. Com um DPI baixo, o movimento do cursor na tela será menor do que quando comparado com o momento em que o DPI estiver mais alto e o mesmo movimento for realizado.

Aplicação

Mouse Steelseries

Reprodução: Rohan/Unsplash.com

No dia a dia, o DPI pode não ter muita relevância, principalmente porque para tarefas simples, não é necessário uma sensibilidade alta ou precisa. No entanto, isso muda quando se trata de jogos no geral – sejam competitivos ou não.

Isso porque o DPI por ser o responsável por garantir mais precisão na hora de mirar em um inimigo em um game online, por exemplo. Com uma configuração alta, pouco movimento físico resulta em um grande deslocamento do retículo de mira do personagem, fazendo com que fique mais fácil se posicionar ou realizar tiros precisos.

DPI fixo e vantagens da alteração

Mouse com DPI variável

Imagem: Unplash

Nem todos os mouses apresentam DPI fixo, o que é algo bom. Alguns modelos, principalmente os voltados para o público gamer, oferecem um botão específico que pode aumentar ou diminuir o DPI de acordo com a necessidade do usuário.

Portanto, é interessante que o jogador teste as diferentes configurações para encontrar uma que se adeque ao seu estilo de jogo – ou para a tarefa que pretende realizar.

Vale citar que nem sempre um DPI alto é bom, principalmente em situações específicas. Por isso, é importante lembrar que, quanto maior a configuração, mais rápido o cursor vai se movimentar pela tela mesmo que o movimento empregado seja baixo. A principal dica aqui é: teste várias configurações para encontrar a que se adequa melhor ao seu uso.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.