O futuro pode ser mesmo assustador. Exemplo disso é um novo algoritmo de inteligência artificial desenvolvido por pesquisadores chineses que promete não somente identificar crimes como abrir processos judiciais contra os suspeitos e até mandá-los para a cadeia.

O sistema inteligente foi desenvolvido e testado pelo maior Ministério Público distrital do país, segundo o South China Morning Post. Nos ensaios, o algoritmo foi capaz de protocolar uma acusação com base na descrição de um caso suspeito de crime com 97% de precisão.

“O sistema pode substituir os promotores no processo de tomada de decisão até certo ponto”, afirmam os pesquisadores.

A inteligência artificial foi construída a partir de outra já existente, a qual promotores chineses usam para avaliar evidências e determinar se o suspeito de um crime representa ou não perigo à sociedade.

Na China, inteligência artificial pode mandar suspeitos para a cadeia

Imagem: Unsplash

O problema é a limitação da ferramenta que, segundo os pesquisadores, não podia “participar do processo de tomada de decisão de apresentar acusações e [sugerir] sentenças”. Para isso, o sistema precisaria ser capaz de identificar informações irrelevantes em um caso e processar a linguagem humana em sua rede neural.

Agora, sim! O novo algoritmo de inteligência artificial desenvolvido em Xangai é capaz de avaliar arquivos de casos desta maneira. Na verdade, a máquina pode identificar e acusar criminosos com base nos oito crimes mais comuns do distrito: fraude de cartão de crédito, jogos de azar, direção imprudente, agressão intencional, obstrução de um policial, roubo, fraude e até dissidência política.

Os riscos da nova inteligência artificial

Embora a precisão de 97% seja alta, a preocupação é grande em torno de uma máquina que pode decidir se alguém vai para atrás das grades ou não. Como diz um promotor que preferiu não se identificar, “sempre haverá chance de erro”.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *