A burocracia envolvida para excluir a conta de um aplicativo faz com que os usuários optem pela desinstalação da ferramenta, apesar de serem coisas diferentes. Mas a Apple quer mudar isso. A big tech vai exigir que todos os apps ofereçam mecanismos mais fáceis para exclusão de perfis dentro das plataformas.

A exigência, que faz parte das novas diretrizes da App Store, já havia sido mencionada em junho, durante a Apple Worldwide Developers Conference. Na última quarta-feira (6), a imposição foi reforçada na página de desenvolvedores da companhia, e os aplicativos terão até o dia 31 de janeiro de 2022 para se adequarem à mudança.

“[..] Todos os aplicativos que permitem a criação de contas também devem permitir que os usuários iniciem a exclusão de suas contas de dentro do aplicativo”, disse o comunicado.

Como observado, a Apple está exigindo que os aplicativos devem apenas iniciar a exclusão de contas dentro de suas plataformas. Logo, as ferramentas poderão enviar o usuário a um site ou outros ambientes para dar continuidade ao processo.

Quando um usuário apenas desinstala o app, sem excluir seu perfil na ferramenta, sua conta permanece ativa. Como consequência disso, é possível que ele continue a ser bombardeado por propagandas, mensagens de atualização ou ofertas, mesmo que não esteja mais utilizando o software.

A expectativa é de que a medida da Apple facilite o abandono de assinaturas e ferramentas pelos usuários — o que realmente pode evitar “dores de cabeça” maiores. Resta saber se a ação será, de fato, eficaz. Mas talvez isso só deva ser comprovado a partir do ano que vem.

Fonte: Engadget

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *