Mais performance a partir da união de dois componentes em um! Esta é a proposta do UltraRAM: módulos únicos que podem combinar as funções da memória RAM e de armazenamento em uma única peça de hardware.

Cientistas da Universidades de Lancaster, no Reino Unido, descrevem o UltraRAM como uma tecnologia de memória que “combina a não volatilidade de uma memória de armazenamento de dados (como flash – SSD), com a velocidade, eficiência energética e resistência de uma memória de trabalho, como DRAM”.

UltraRAM

UltraRAM – Imagem: reprodução

Os pesquisadores britânicos que estudam o novo chip há anos dizem que o UltraRAM vai oferecer “armazenamento de dados de pelo menos 1.000 anos”, e sua velocidade de comutação rápida e resistência ao ciclo de apagamento de programa é “100.000 vezes melhor que o flash”.

SSD

Imagem: Jeremy Bezanger / Unsplash

Sim, isso quer dizer que “talvez”, no futuro, nossos computadores, dispositivos inteligentes e até consoles venham com este tipo de memória universal com altíssimas velocidade, resistência e melhor eficiência energética. Mas ainda é cedo para afirmar. Outras ideias similares caíram no esquecimento. A própria Intel, com a memória Optane, tentou preencher uma lacuna entre DRAM e armazenamento – a ideia foi abortada há cerca de um ano.

Um dos maiores desafios do sucesso do UltraRAM pode ser o preço. Se não for competitivo, pode ser mais uma tecnologia que ficará abandonada. De qualquer forma, os pesquisadores envolvidos estão animados com o avanço da produção em massa de silício do UltraRAM para torná-lo acessível.

Ainda não dá para saber quando – ou se – essa solução de memória universal e armazenamento se tornará realidade, mas certamente é um conceito intrigante mexendo com mentes inquietas.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *