Em um evento fechado apenas para alguns veículos de imprensa, executivos e engenheiros, a Samsung revelou detalhes sobre o desenvolvimento de memórias DDR6.

Apesar do padrão DDR5 acabar de chegar ao mercado ao lado da décima segunda geração de processadores Intel Alder Lake-S, somente em 2023 os consumidores devem ter acesso à tecnologia devido ao seu preço alto atual. Além disso, a transição entre as versões pode levar cerca de dois anos.

De qualquer forma, a Samsung já fala sobre o sucessor do DDR5, que deve oferecer o dobro de velocidade e largura de banda. Apesar do padrão DDR6 ainda não ter sido formalizado, acredita-se que as especificações girem em torno de 12800 Mbit/s.

A Samsung afirma que a tecnologia, por estar em fase inicial de desenvolvimento, pode contar com mudanças nas especificações, mas o ComputerBase relata que é possível esperar overclock de até 17000 Mbit/s da memória DDR6.

Futuro além do DDR6

Mas além de falar sobre a tecnologia em si, a Samsung também falou sobre o futuro do padrão de memória. A empresa disse que também desenvolve o GDDR6+, uma versão que oferece velocidades de até 24 Gbps – configuração superior aos 18 Gbps oferecidos pelo GDDR6.

Além disso, o padrão GDDR7 já está nos planos, mas não conta com nenhuma previsão de lançamento. Esta tecnologia deve aumentar a largura de banda da memória para 32 Gbps e apresentar “recursos de proteção contra erros em tempo real”.

Via: VideoCardz

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *