Imagem: Shutterstock

A Taiwan Semiconductor Manufacturing Company, mais conhecida como TSMC, revelou que suas estimativas são de que, neste trimestre, suas vendas tenham um salto de 37%. No entanto, a empresa revela que a escassez de chis ainda deve se estender durante o ano todo.

Ao todo, a empresa prevê um lucro de até US$ 18,2 bilhões até 30 de junho – um valor acima dos US$ 13,29 bilhões do mesmo período do ano anterior. O grande desafio para isso, segundo a própria empresa, é o ciclo de escassez que os fabricantes de equipamentos estão enfrentando.

“Nossos fornecedores estão enfrentando grandes desafios em sua cadeia de suprimentos devido ao impacto contínuo da Covid-19, que está criando restrições de mão de obra, componentes e chips em suas cadeias de suprimentos e estendendo o tempo de entrega de ferramentas”, disse C. C. Wei, CEO da empresa.

Para tentar contornar isso, a TSMC aumentou os gastos de capital para acompanhar o aumento na demanda.

Venda de chips da TSMC

TSMC chip

Imagem: Adi Goldstein on Unsplash

Apesar dos problemas, a empresa espera que a demanda cada vez maior por chips específicos se mantenha no longo prazo. Talvez uma das principais seja a demanda por componentes HPC para 5G e inteligência artificial.

A receita desse segmento, que tem como cliente a Qualcomm, aumentou 26% desde o início deste ano – e espera-se que esse crescimento seja ainda maior, com o negócio se fortalecendo neste ano e nos seguintes.

Já na parte de smartphones, que vende para a Apple, houve um aumento de 1% em relação ao trimestre anterior. Isso se deve, em partes, à Empresa da Maçã, que diminuiu a produção de iPhone e AirPod por conta da desaceleração da demanda por conta da crise da Ucrânia e aumento da inflação.

Via: Reuters

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.