Quem já jogou Pokémon UNITE certamente notou uma peculiaridade do game que não é vista em outros MOBAs: a ausência de placar. Alguns até podem achar que tratou-se de um descuido dos desenvolvedores, mas a verdade é que isso foi feito propositalmente — é sério.

Embora pareça loucura pensar que um jogo competitivo como este não mostre claramente quem está com mais pontos, a TiMi Studio Group revelou que a medida foi adotada para evitar a desistência precoce dos jogadores, ou seja, para prevenir “rage quits”.

“As partidas duram 10 minutos e os jogadores têm a possibilidade de se recuperar, então queríamos que as pessoas jogassem sem desistir até o final”, revelou Masaaki Hoshino, produtor do Pokémon UNITE, ao Kotaku.

Como funciona a pontuação em Pokémon UNITE?

De forma curta e grossa: ganha a equipe que fizer mais pontos. Para isso, os dez jogadores (cinco de cada lado) devem eliminar os pokémons selvagens ou derrotar os monstrinhos oponentes. Em ambos os casos, as finalizações concedem energias de Aeos.

Em seguida, os players precisam depositar as energias coletadas nas goal zones adversárias. Assim que estes pontos atingem o limite de pontuação eles são destruídos, abrindo espaço para as demais goal zones.

Sim, é verdade que o canto superior esquerdo da tela mostra quais pontos inimigos (ou aliados) foram derrotados, o que de certa forma dá uma dimensão sobre a pontuação. Mas em partidas acirradas, fica difícil saber in-game quem está realmente ganhando.

Pokémon UNITE

Foto: Reprodução

De certa forma, a estratégia parece estar funcionando. O jogo até oferece uma opção de rendição, mas raramente é utilizada. E como as partidas são rápidas, a ausência de placar acaba estimulando os players a jogarem até o final do game.

É incerto se um placar deve ser adicionado ao título em um futuro próximo. Mas fato é que a evolução do jogo será feita de outras formas, com adição de personagens, ajustes de itens e mais eventos comemorativos. Só não vale novas skins a preços absurdos, hein TiMi Studio?

Fonte: Kotaku

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *