Falta tudo. A escassez mundial não é só de semicondutores, placas de vídeo e consoles de última geração. As novas memórias RAM DDR5 também estão em falta nas prateleiras. Aproveitando a baixa oferta, oportunistas estão vendendo kits por até US$ 2.500 (mais de 13 mil reais em conversão direta) na internet. A média de preço do mercado fica abaixo dos 300 dólares.

Em sites como o eBay, os mais “tolerantes” vendem os kits de memória por, no mínimo, de duas a três vezes o valor normal de mercado dos componentes.

O lado “bom” dessa história é que, por enquanto, apenas os processadores Alder Lake de 12ª geração da Intel suportam kits DDR5. Ainda assim, os novos chips também rodam perfeitametne com memórias RAM DDR4, assim os usuários não são forçados a pagar esses valores exorbitantes nos kits de memória DDR5.

Memória DDR5 da Samsung

Imagem: divulgação

A escassez imediata de memória DDR5

Um dos diferencias dos novos kits de memória RAM DDR5 é a presença de um circuito integrado de gerenciamento de energia (PMIC) no próprio módulo – o que resulta em melhor controle da tensão, mas traz outros recursos interessantes como proteção de limite e gerenciamento de energia.

A questão é que o circuito integrado PMIC é tão crucial nas novas memórias que não é possível fabricá-las sem o componente. Resumo da ópera: a escassez global de PMIC colocou os fabricantes de memória em uma situação complicada no momento.

Fonte: Tom’s Hardware

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *