O Final Fantasy VII Remake era bastante aguardado pelos jogadores dos PCs, tendo em vista que o título foi lançado exclusivamente para videogames em abril de 2020. Agora, uma análise feita sobre esta versão por profissionais mostra que port não foi bem feito.

A equipe do Digital Foundry testou o Final Fantasy VII Remake em um PC com o processador Intel Core i9-10900K com uma RTX 3090 e que, mesmo assim, só conseguiu rodar o título de forma satisfatória na resolução Full HD.

Ainda de acordo com tuíte, a apresentação do título, que é parte essencial do jogo, fica comprometida nesta versão por conta dos problemas de performance. Já outro especialista do site Digital Foundry até publicou no Twitter que não fará a cobertura do jogo devido ao mesmo apresentar problemas a partir do momento que o mesmo é iniciado.

No fórum resetera, inclusive, um dos especialistas do Digital Foundry chegou a dizer que este foi um dos piores ports de títulos AAA para PC já vistos nos últimos tempos.

Final Fantasy VII Remake PC - critica do Digital Foundry

Imagem: reprodução/Reset Era

Modders trabalham para corrigir Final Fantasy VII Remake

Apesar de ter sido lançado nesta semana, a comunidade dos modders já começou a trabalhar no jogo para corrigir alguns de seus problemas. No site Nexus Mods, inclusive, o usuários BaselineX chegou a publicar uma modificação que força o título a rodar com o DirectX 11, uma solução que parece ter melhorado a performance do jogo para diversas pessoas.

Não apenas isso, um outro mod também foi publicado para desabilitar a função de “resolução dinâmica”, que também estava causando problemas. A Square Enix, até o momento, não liberou atualizações para o jogo no PC.

Fonte: Eurogamer

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *