Imagem: Rokas Tenys/Shutterstock

Mesmo antes de o conselho do Twitter aceitar a oferta de US$ 44 bilhões de Elon Musk pela compra integral da empresa, muita coisa já se falava sobre mudanças nas diretrizes da rede social caso o bilionário realmente assumisse o controle.

Nada mudou por enquanto, mas a última ideia de Musk é cobrar dos usuários para incorporar ou citar tweets de contas verificadas em sites e serviços de terceiros.

Twitter

Imagem: Souvik Banerjee/Unsplash

Recentemente, o Twitter alterou parte do JavaScript, o que fez com que o texto dos tweets excluídos desaparecesse dos sites em que foram incorporados automaticamente. Segundo um executivo da empresa, a mudança foi feita para “respeitar melhor quando as pessoas optaram por excluir seus tweets”.

Mas depois de uma reação de defensores da web aberta e da preservação do conteúdo uma vez publicado, a plataforma voltou atrás.

As ideias de Elon Musk para o Twitter

Além da ideia de cobrar pela incorporação de tweets, Elon Musk já mencionou outras formas de melhorar os resultados do Twitter, mas ainda não assumiu qualquer compromisso nessa direção.

O CEO da Tesla sugeriu, por exemplo, fazer alterações no serviço Twitter Blue para torná-lo mais atraente para assinantes em potencial. Em conversas com bancos, Elon Musk teria cogitado a possibilidade de cortes de empregos e refletiu publicamente sobre o corte dos salários dos diretores do conselho, o que economizaria cerca de US$ 3 milhões por ano à empresa.

Foto do empresário Elon Musk

Imagem: Vasilis Asvestas/Shutterstock

Fonte: Reuters

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.