Parece que não é só a Blizzard que vem perdendo executivos e líderes de projetos importantes para suas franquias. O diretor criativo de Dragon Age 4, Matt Goldman, acaba de deixar a BioWare – para desespero dos aficionados pela série de RPG.

O futuro de Dragon Age 4

O aviso foi feito inicialmente apenas para os funcionários do estúdio, com Gary McKay, chefão da Bioware, confirmando a saída do diretor, mas garantindo que tudo aconteceu de forma pacífica. Oficialmente, não se sabe o motivo da saída de Goldman e nem foi anunciado um substituto para a posição.

A única certeza sobre o caso é que a partida do líder do projeto deve afetar, de alguma forma, o desenvolvimento já turbulento de Dragon Age 4. Revelado pela BioWare em 2018, o jogo recebeu pouquíssimas novidades desde então – apenas um curto teaser em 2020.

Segundo informações dos bastidores, a pré-produção do novo episódio de Dragon Age começou em 2015, mas essa primeira encarnação do jogo foi cancelada após os fracassos de Mass Effect: Andromeda e Anthem, resultando em um reboot interno do projeto.

Desde então, a BioWare parece comprometida a só entregar Dragon Age 4 quando – e se – ele estiver dentro dos padrões de qualidade que desenvolvedores e gamers esperam do estúdio. O game tem versões confirmadas para PlayStation 5, Xbox Series X/S e PC, mas segue sem data de lançamento.

Fonte: Eurogamer

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *