Imagem: Shutterstock

Assusta! E não é a primeira vez que isso acontece. Um objeto tecnológico – neste caso um smartphone – para um tiro e, possivelmente, salva a integridade física de alguém.

Desta vez aconteceu na Ucrânia. Em um vídeo compartilhado no Twitter por um jornalista correspondente de guerra, um soldado mostra seu smartphone cravado por uma bala de fuzil.

Nas imagens não é possível identificar o modelo do smartphone, mas segundo o site NotebookCheck, o que se vê no vídeo é o S-View Flip Cover, uma capinha para o Galaxy S20 Ultra, da Samsung.

smartphone cravado com um tiro de fuzil

Imagem: reprodução / Twitter

Em um dos comentários na publicação, um usuário traduz o que diz o soldado, que revela ter pagado cerca de US$ 675 no aparelho – mais um indício de que se trata do S20 Ultra.

Mais do que isso, o combatente diz que o telefone, junto com sua placa de identificação, foram responsáveis por salvar sua vida.

Smartphones à prova de bala

Esta não é primeira vez que um celular é taxado de herói por salvar alguém de um tiro. Em 2016, um ex-funcionário da Nokia afirmou que um Nokia 301, lançado pela primeira vez em 2013, salvou um homem no Afeganistão ao parar uma bala.

No início do mês, um jovem de 18 anos disse que um fone de ouvido Razer desviou uma bala que ricocheteou em seu quarto enquanto jogava.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.