Lançado na última terça-feira (17), o novo modo “Impostors” do Fortnite pode ter cativado os fãs do game, mas parece não ter agradado a InnerSloth, criadora de Among Us. A equipe responsável pelo jogo indie de sabotagem lamentou que a Epic Games, desenvolvedora de Fortnite, nunca tenha pedido ao estúdio para trabalhar em colaboração nesta nova modalidade.

O desconforto, na verdade, é bem compreensível. Isso porque Impostors, em Fortnite, tem uma jogabilidade muito similar — pra não dizer idêntica — ao de Among Us: os agentes precisam realizar algumas tarefas, enquanto tentam descobrir quem são os impostores da Ponte. Os sabotadores, por sua vez, precisam eliminar um número suficiente de agentes antes de serem descobertos.

É claro que as missões são completamente diferentes (conserto de ônibus ou preparo de suprimentos para lhamas, por exemplo) em Fortnite e os assassinatos foram substituídos por despachos para uma fenda. Mas até mesmo a reunião, bem como o sistema de votação, são semelhantes aos elementos do jogo indie da InnerSloth — exceto por serem em 3D.

Indiretas ao Fortnite

Naturalmente, o modo anunciado para o Fortnite desagradou a equipe da InnerSloth e não demorou para que as primeiras indiretas fossem disparadas. Embora tenha concordado que a mecânica de jogo não deve ser exclusiva, a diretora de comunidade de Among Us, Victoria Tran, questionou pelo Twitter se temas e terminologias diferentes no jogo da Epic não tornariam as coisas “mais interessantes”.

Quem também resolveu alfinetar a Epic foi Adriel Wallick, desenvolvedora da InnerSloth. Ela não só fixou um tuíte de Tran em seu perfil que dizia “Seria muito, muito legal colaborar”, como também publicou um meme sugerindo que Fortnite teria produzido algo de autoria dos criadores de Among Us.

Vale lembrar que jogos semelhantes a outros são algo comum no universo gamer e o mesmo Fortnite já foi processado pelo game PUBG, em 2018, por plágio. Ou seja, por mais que o game seja quase idêntico ao Among Us, não há muito — a não ser por meios jurídicos — o que a InnerSloth possa fazer. Já dizia Chacrinha: “Nada se cria, tudo se copia”.

Fonte: VG247

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *