LEgs ONboARD drOne” – um drone com pernas. Leonardo é o nome do novo robô bípede que impressiona tanto (ou até mais) – que as acrobacias e manobras de parkour dos modelos da Boston Dynamics. Assim como eles, LEO tem um equilíbrio incrível, mas o caçula deixa qualquer um impressionado ao andar sobre uma corda – sim, slackline – andar de skate e até voar.

Com 2,5 metros de altura, LEO é o primeiro robô que combina o uso de pernas multi-articuladas e hélices propulsoras – como a dos drones – e mostra alto grau de controle sobre seu equilíbrio. Ele foi desenvolvido pelo instituto de ciência e engenharia Caltech, da Califórnia, nos Estados Unidos.

“Nos inspiramos na natureza. Pense em como os pássaros são capazes de bater asas e pular para navegar nas linhas telefônicas”, diz Soon-Jo Chung, autor correspondente do artigo sobre o LEO publicado na Science Robotics.

Capazes de identificar os obstáculos que encontra no caminho, o robô define qual forma de locomoção irá utilizar: correr, pular ou voar. A maior limitação do LEO é mesmo o alto consumo de energia e capacidade pequena de carga útil.

robô

Imagem: Caltech

Um robô duro na queda

O LEO é durão, não se intimida com cutucões ou empurrões. O vídeo mostra o sistema de equilíbrio atuar quando o robô, mesmo atacado, é capaz de se manter em pé.

LEO: conheça o robô que faz slackline, anda de skate e até voa

LEO dá show no slackline – Imagem: reprodução Caltech

O desafio agora é tornar o LEO ainda melhor: pernas mais rígidas e capaz de suportar mais peso. Mais do que isso, os pesquisadores esperam dar mais autonomia ao robô para que a máquina possa entender quanto de seu peso é suportado por pernas e quanto precisa ser suportado por hélices ao caminhar em terrenos acidentados.

“No momento, o LEO usa hélices para se equilibrar durante a caminhada, o que significa que usa energia de maneira bastante ineficiente”, disse um dos criadores do robô. “Estamos planejando melhorar o design das pernas para fazer o LEO andar e se equilibrar com o mínimo de ajuda das hélices”.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *