Vira e mexe algum aficionado por videogame traz uma nova engenharia maluca ao modificar consoles antigos de décadas passadas. E em um novo episódio dessa “série”, um físico e youtuber decidiu adicionar Wi-Fi e troca de mensagens ao icônico Game Boy, portátil de 8 bits lançado pela Nintendo em 1989.

O dono da arte tem nome e sobrenome: Sebastian Staacks, dono do canal there oughta be no YouTube. Ao redescobrir seu antigo Game Boy no sótão de seus pais, ele resolveu criar um cartucho com microchip Wi-Fi, algo que até então não havia sido publicado na internet. Um spoiler? Deu certo.

Com base em seus conhecimentos em engenharia elétrica, Staacks projetou o hardware para um cartucho de 32 kiB, adicionando um chip ESP8266 para habilitar o recurso Wi-Fi. Feito isso, ele precisou escrever o código para o software do cartucho, que foi extraído do kit de desenvolvimento do Game Boy.

O resultado foi bem satisfatório. É certo que o portátil tem suas limitações, mas ao rodar o cartucho, o videogame foi capaz de usar o Telnet para enviar e receber mensagens de texto, além de poder acessar páginas da web do Wikipédia.

Inclusive, Staacks constatou que, com alguns ajustes, sua invenção também poderia acessar portais simples como Twitter ou Reddit. A má notícia para os gamers é que a tecnologia antiga do Game Boy não permitiria um bom desempenho para rodar jogos online ou acessar bibliotecas de ROMs.

Vale mencionar que Staacks fez um passo a passo bem detalhado para os que decidirem reproduzir o cartucho em seus respectivos portáteis. No entanto, o físico deixa claro que o processo exigirá cuidados extras, já que pode causar curto-circuito ou danificar o mini console para sempre.

Os aventureiros que quiserem se arriscar podem acessar o tutorial por meio deste link. Boa sorte!

Via: Input Mag

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *