A gigante chinesa Xiaomi se tornou o segundo maior fornecedor de smartphones do mundo no segundo trimestre de 2021. Os dados são de um relatório recém-divulgado pela Canalys.

Com 17% de participação no mercado global, a Xiaomi fica um pouco atrás da Samsung – líder, com 19% do segmento – e, a partir de agora, à frente da Apple, que tem 14%.

Xiaomi ultrapassa Apple e assume 2º lugar no mercado de smartphones

Imagem: Canalys

Ainda que todas as empresas tenham conseguido aumentar suas vendas na comparação com o mesmo período do ano passado, a empresa chinesa surpreendeu: foram 83% mais celulares vendidos do que no segundo trimestre de 2020.

Para se ter uma ideia de como isso é superior à concorrência, o crescimento de remessas da Samsung no ano a ano foi de 15%, enquanto a Apple vendeu apenas 1% a mais.

Xiaomi ultrapassa Apple e assume 2º lugar no mercado de smartphones

Imagem: divulgação

“A Xiaomi ainda está muito voltada para o mercado de massa, no entanto, e em comparação com a Samsung e a Apple, seu preço médio de venda é cerca de 40% e 75% mais barato, respectivamente. Portanto, uma das principais prioridades da Xiaomi este ano é aumentar as vendas de seus dispositivos de última geração, como o Mi 11 Ultra”, disse o gerente de pesquisa da Canalys, Ben Stanton.

Para comemorar o feito, o CEO da Xiaomi, Lei Jun, publicou uma carta de agradecimento enaltecendo os funcionários da empresa pela marca. Ele lembra que, em 10 de agosto, a empresa comemora “apenas” 10 anos no mercado de smartphones.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *