Reprodução: Xiaomi

A Xiaomi já conquistou seu espaço na América Latina há algum tempo, mas vem ganhando novos usuários rapidamente na região. No terceiro trimestre de 2021, segundo análise da agência Canalys, a gigante chinesa ficou em terceiro lugar em volume de vendas e, atualmente, tem 11% do mercado local.

No Peru, a marca é líder de vendas, com 31% de participação; na Colômbia, fica em segundo, com 27% no período.

A Xiaomi chegou oficialmente o Brasil em 2019, mesmo ano em que, segundo a análise, os canais das operadoras responderam por cerca de 64% das vendas dos dispositivos da empresa na América Latina.

O sucesso fez outras chinesas a abrirem os olhos para a região. Fabricantes como Oppo, Vivo e ZTE também já estão no mercado latino-americano.

Xiaomi no Brasil

Em outubro, a marca chinesa abriu mais uma loja na cidade de São Paulo. A nova Mi Store fica localizada no piso superior do Morumbi Shopping e, neste primeiro momento, visitas só podem ser realizadas por meio de um agendamento no site oficial da marca.

Loja física no Brasil

Reprodução: divulgação

No mesmo mês, além de anunciar oficialmente a chegada do Xiaomi 11 Lite 5G NE aqui no Brasil, a empresa divulgou outros dois novos produtos que embarcam em solo tupiniquim: o tablet Pad 5 e os fones de ouvido Redmi Buds 3.

Via: IT Home

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.