Imagem: Shutterstock

A Microsoft tem trabalhado com afinco no seu serviço de streaming Xbox Cloud Gaming (xCloud) e a empresa conquistou bons resultados nos últimos meses. De acordo com Kevin LaChapelle, vice-presidente e head de plataforma, e Catherine Gluckstein, vice-presidente e head de produto, o serviço registrou um crescimento de 1800% em uso por hora durante o intervalo de um ano.

“Isso é um bocado para horas jogadas”, afirmou Catherine após divulgar o resultado em uma conversa com LaChapelle no canal da empresa no YouTube.

“Este último ano foi uma jornada e tanto para melhorar nossa plataforma, para torná-la muito mais rica, muito mais incrível para todos vocês jogadores, e esse crescimento meteórico que experimentamos tem sido um desafio, mas nós o enfrentamos e certificando-nos de termos servidores suficientes em todo o mundo para que possamos atender à demanda”, complementou LaChapelle.

Você pode ver o bate-papo completo dos executivos a seguir:

Crescimento do Xbox Cloud Gaming

A aposta do mercado de games no streaming não é segredo e sequer é algo que está sendo feito de forma impensada. Empresas como Microsoft, Google e outras gigantes do ramo estão investindo pesado no setor e até mesmo Logitech, Qualcomm e Samsung com parcerias que garantiram a elas um jeitinho de conquistar o seu bocado dessa pizza.

Inclusive, a parceria entre a Samsung e a Microsoft foi o que permitiu a chegada do Xbox Cloud Gaming às TVs da coreana.

Xbox Cloud Gaming no Microsoft Edge

Imagem: Microsoft

Fora isso, a Microsoft já oferece suporte à Steam e também chegou a fechar uma parceria com a Epic Games para disponibilizar o acesso ao famoso Fortnite como “o primeiro game jogável que não requer assinatura Game Pass” ou sequer a necessidade de controle do console da marca, como lembrou Stephanie Sevilla, gerente de produtos da plataforma — o que também contribuiu muito para o crescimento do xCloud ao redor do mundo.

O trabalho da gigante de Redmond agora está focado também em investir para trazer melhorias em termos de desempenho e latência aos dispositivos Android e iOS, tornando a experiência de streaming “mais responsiva e fluída” nesses devices, segundo afirmou Nicole Hilbert, também gerente de produtos da Xbox Cloud Gaming.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Veja Também