Imagem: Shutterstock/Tada Images

Tido como um dos pivôs de vários conflitos dentro do estúdio, Michael Frazzini avisou no último domingo (27) que está deixando a liderança da Amazon Games. O executivo está na Amazon há cerca de 18 anos e ficou à frente de sua divisão de jogos por quase 13 anos.

Menos um chefão na Amazon Games

A novidade foi publicada pelo executivo em seu perfil no LinkedIn. Na postagem, Frazzini alegou que há tempos pensa em dar uma pausa na carreira para ficar mais próximo da família e dos filhos, e também correr atrás de hobbies e outros interesses pessoais.

“Embora nunca haja um momento perfeito para se afastar de um grande cargo, agora é um bom momento. Lançamos dois jogos top 10 nos últimos seis meses e temos um portfólio crescente de novos jogos promissores em andamento. […] O futuro é muito brilhante para a Amazon Games”, explicou o ex-VP.

Amazon Games

Imagem: LinkedIn/Michael Frazzini

Os sucessos mencionados por Frazzini não poderiam ser outros senão New World, o MMORPG desenvolvido pelo próprio estúdio da Amazon, e Lost Ark,o MMO de ação desenvolvido pela Smilegate e publicado pela Amazon Games no Ocidente.

Antes disso, no entanto, o reinado do executivo no comando da divisão sofreu com derrotas e cancelamentos, do fiasco com o lançamento de Crucible até a perda dos direitos para o desenvolvimento de um MMO baseado na franquia “O Senhor dos Anéis“.

Nos bastidores, desenvolvedores acusam Frazzini de ter um estilo de direção dracônico e de não entender muito do mercado de jogos como um todo, o que atrasaria o progresso do time de de diversos de seus projetos.

Via: Engadget

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.