Imagem: Wesson Wang/Unsplash

Enquanto a Apple está comemorando as vendas de MacBooks durante o primeiro trimestre de 2021 e o mesmo período de 2022, outras grandes fabricantes de computadores não podem dizer o mesmo. A Lenovo e a HP, por exemplo – as duas maiores do setor – registraram uma queda significativa de 10% e 16% nas vendas, segundo um levantamento realizado pela Counterpoint Research.

Em contrapartida, MacBooks registraram crescimento de 8% em unidades vendidas durante o primeiro trimestre deste ano. Além disso, a gigante de Cupertino registrou aumento de 15% nas vendas ano a ano.

A Dell também foi outra grande fabricante atingida pela crise, mas que conseguiu gerenciar suas encomendas para que houvesse um pequeno crescimento de 1% nas unidades vendidas – um marco se comparado aos concorrentes.

As vendas de PCs, no geral, registraram queda de 4,3% ano a ano no primeiro trimestre de 2022, em grande parte por conta da inflação e da escassez de chips.

Fatores que contribuíram para o bom resultado no trimestre da Apple

Além das já mencionadas escassez de chips, que atingiu em cheio os fabricantes de computadores globalmente, e a inflação, há alguns outros fatores que podem ter contribuído para a virada favorável à Apple, de De acordo com a Counterpoint Research.

Isso inclui o conflito entre Ucrânia e Rússia, bem como os contínuos lockdowns que a China tem sofrido por conta da Covid-19.

“Nossa análise sugere que a cadeia de suprimentos de PCs se tornou relativamente conservadora em termos de perspectivas de vendas em meados do [primeiro trimestre de] 2022, em grande parte arrastada pela inflação global e pelo conflito regional, que trouxe incertezas para a demanda de PCs”, afirmou William Li, da Counterpoint Research.

Novas cores iPhone 13

Tim Cook, CEO da Apple, durante o lançamento dos novos iPhones 13 – Imagem: Divulgação

A Apple, no entanto, entrou como uma exceção: 8% em crescimento é considerável para o período.

A alta na demanda veio muito por conta do lançamento da linha de chips M1, bem como o bem-sucedido MacBook Pro anunciado no ano passado. Isso sem contar outros produtos como o Mac Studio que também contribuíram para os resultados da empresa ganharem tração no período.

A Apple também tem se dado bem ante a concorrência em outros setores como smartphones que, apesar de o mercado não estar tão aquecido, a companhia superou com folga a principal rival Samsung durante o quarto trimestre de 2021 em unidades vendidas.

Via: Digital Trends

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.