Recentemente, um possível defeito do Apple Watch chamou a atenção da internet. Um TikToker compartilhou um vídeo em que mostra seu relógio inteligente com a bateria expandida e a tela descolando.

Isso fez com que muitas pessoas comentassem que o dispositivo poderia explodir a qualquer momento. “Isso acontece quando está prestes a explodir, por favor, compre uma bateria nova”, disse um usuário.

@yeahitsjabs Tim Cook, where you at @apple #fyp #foryoupage #apple #applewatch ♬ original sound – ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀

Um segundo expectador afirma que, ao contatar a Apple sobre um problema parecido em um telefone, “eles disseram que era um defeito raro e me deram um novo”.

Segundo o Business Insider, alguns usuários do Apple Watch abriram uma ação coletiva contra a empresa afirmando que a companhia sabe do problema – embora não se tenha nenhuma evidência para apoiar essa alegação.

O processo descreve que Chris Smith, proprietário de um Apple Watch Série 3 desde 2017, sofreu um ferimento após a bateria de seu dispositivo ficar inchada e soltar a tela. Ele então “cortou severamente o braço” sem saber que a tela havia se desprendido do corpo do aparelho.

Preocupação também com os AirTags

Mas além do Apple Watch, a Apple também enfrenta o receio de usuários em relação aos AirTags. Segundo relatos, os dispositivos de localização poderiam ser usados como uma ferramenta de rastreamento para stalkers.

Surgiram denúncias de que algumas pessoas estavam ativando seus AirTags em veículos de terceiros. Provavelmente para monitorar a localização desses motoristas.

Por conta disso, a Apple recomenda que seus usuários sempre verifiquem seus pertences e, caso encontrem um AirTag, encostem o smartphone nele para obter número de série e informações sobre como desativá-lo.

Via: The Sun

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *