Imagem: Marcus Urbens/Unsplash

Nesta terça-feira (07), os legisladores da União Europeia publicaram sua decisão sobre uma lei, que está sendo desenvolvida há mais de uma década, que vai obrigar que todos os smartphones vendidos no bloco econômico estejam equipados com porta USB-C – situação que pode atingir diretamente a Apple.

A regra, que se aplica a diversos dispositivos eletrônicos além de smartphones – como tablets, câmeras, fones de ouvido, consoles portáteis e e-readers -, deve ser aplicada até meados de 2024, prazo para que as empresas se adequem às novas regras. Posteriormente, os notebooks também passarão pelo processo de mudança.

No entanto, apesar da decisão ter sido publicada, a legislação ainda deve ser aprovada pelo Parlamento e Conselho da União Europeia, movimento que deve ocorrer ainda este ano.

Padrão USB-C será obrigatório em smartphones na União Europeia

Conector USB Tipo-C

Mesmo assim, o relator do Parlamento Europeu, Alex Agius Saliba, comemorou o acontecimento: “Hoje tornamos o carregador comum uma realidade na Europa. Os consumidores europeus ficaram frustrados por muito tempo com vários carregadores se acumulando a cada novo dispositivo. Agora eles poderão usar um único carregador para todos os seus eletrônicos portáteis”.

Esse movimento da União Europeia tem como objetivo diminuir o lixo eletrônico produzido pela população com o descarte de dispositivos e carregadores obsoletos. Além disso, no futuro, os consumidores não precisariam mais que os carregadores viessem na caixa dos aparelhos, já que teriam em casa de modelos anteriores.

Impacto da decisão da União Europeia na Apple

Ilustração iOS da Apple

Imagem: Jeremy Bezanger/Unsplash

Como era de se esperar, a decisão deve ter um impacto significativo na Apple, já que a empresa é a única grande fabricante a oferecer smartphones com porta de conexão proprietária.

Quando questionado se a lei foi desenvolvida visando a Apple, Thierry Breton, comissário para o mercado interno da União Europeia, disse que a “regra vale para todos. Não é adotada contra ninguém. Estamos trabalhando para os consumidores, não para as empresas, e temos que dar regras a essas empresas; regras claras para entrar no mercado interno”.

No entanto, ainda é possível evitar a necessidade de mudar o padrão de carregamento. As regras são bastante claras e afirmam que a legislação será aplicada a dispositivos que carregam por meio de cabos com fio.

Portanto, caso a Apple lance um smartphone com carregamento totalmente por indução, não deve precisar se adequar às regras.

Carregador sem fio

Imagem: Daniel Korpai/Unsplash

De qualquer forma, ao que parece – pelo menos segundo o analista da Apple Ming-Chi Kuo -, a empresa já testa um padrão de iPhone com conexão USB-C internamente. Porém, ainda não há previsão de lançamento.

Via: The Verge

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.