Imagem: Reprodução/xLetalis

The Witcher 3 é um daqueles jogos tão recheados de conteúdo que, mesmo tendo sido lançado no longínquo maio de 2015, continua premiando os curiosos. Basta ver que levou 7 anos para que os jogadores encontrassem o último segredo do jogo e vissem a conclusão de uma das histórias secundárias do game.

7 anos em Witcher 3 e 7 anos no mundo real

Pois é, se você tinha ficado surpreso com uma quest que foi descoberta só após 600h de jogatina, o que dizer de um easter egg que ficou escondido por anos a fio, só esperando o jogador certo, com a mentalidade certa?

O jogador em questão é o youtuber conhecido como “xLetalis”, que finalmente solucionou o mistério da NPC Vivienne, do DLC Blood and Wine, de The Witcher 3. Em determinado momento da quest da personagem, Geralt propõe quebrar a maldição que a torna metade mulher, metade pássaro.

Apesar disso, o bruxeiro avisa que ela só vai viver o mesmo tempo que a ave viveria. Por um tempo esse era o final agridoce da quest. O internauta, no entanto, descobriu que, se você saltar 7 anos no futuro dentro do jogo – seja meditando ou alterando seus arquivos –, Vivienne aparece morta dentro do quarto de Yennefer em Kaer Trolde.

Essa revelação do último grande easter egg de The Witcher 3 chamou atenção até mesmo do criador do segredo, o chefe de design de missões Philipp Weber. Em uma mensagem no Twitter, o profissional da CD Projekt RED ressaltou a ironia de um mistério de 7 anos ter sido descoberto em 7 anos e prometeu consertar a animação de morte de Vivienne.

Via: Wccftech

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.