Se antes era apenas especulação, agora está confirmado: Splinter Cell vai ganhar um remake. O anúncio foi divulgado pela própria Ubisoft na última quarta-feira (15) e, segundo a dona da icônica franquia, o futuro jogo vai combinar elementos e gráficos da nova geração com a ação furtiva “raiz” que marcou a série.

Antes tarde do que nunca

Como revelado anteriormente em vazamentos, o remake será liderado por um estúdio fora da base tradicional em Montreal (Canadá). O projeto ficará nas mãos da Ubisoft Toronto, que foi responsável por Splinter Cell Blacklist, de 2013.

Uma das novidades será a escolha do motor gráfico Snowdrop — utilizado em títulos como The Division 2 e o próximo game de Avatar —, da própria Ubisoft, para o projeto. De acordo com um dos desenvolvedores, o moderno motor AAA vai permitir que os programadores “testem coisas de maneira rápida”.

Em contrapartida, essa modernidade do motor gráfico não será traduzida em explorações em mundo aberto, que têm se tornado características da desenvolvedora. Ao invés disso, o jogo focará em ambientes menores e com progresso linear, em que cada centímetro quadrado terá seu valor.

O principal destaque será a volta às raízes da franquia. Os desenvolvedores optaram por um remake ao invés de um remaster para explorar o potencial das novas tecnologias de videogames, mas todo esse avanço de gráficos será acompanhado da ação furtiva do título de 19 anos atrás. Será a combinação do velho com o novo.

“É importante para nós preservarmos o senso de domínio, apoiando jogadores que observam as situações, fazem seus planos, usam seus dispositivos e são mais espertos que o inimigo de forma criativa para lidar com os desafios que eles enfrentam. Idealmente, eles acabam saindo do outro lado sem que ninguém tenha percebido que você estava lá. Essa é a essência do Splinter Cell”, pontuou o diretor criativo do projeto, Chris Auty.

Quando chega o remake de Splinter Cell?

O vazamento há cerca de dois meses informou que o remake de Splinter Cell já estaria em desenvolvimento, com uma pequena possibilidade de lançamento em 2022. Mas de informação oficial, sabe-se apenas que o projeto ainda está em estágios iniciais e talvez seja preciso aguardar um pouco mais para especular uma data mais assertiva.

Sim, existe um temor da comunidade (totalmente justificável) de que um remake mal feito poderia manchar a imagem deixada pela franquia. Mas a julgar que ele será uma “base sólida para o futuro de Splinter Cell” segundo o próprio Auty, há bons motivos para que os aficionados pela série fiquem animados.

Fonte: Ubisoft

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *