O Twitter montou uma equipe de profissionais para trabalhar com criptomoedas. A empresa será uma divisão de um “centro de excelência para todas as coisas relacionadas a blockchain”. O objetivo é trabalhar com “estratégias para o futuro das criptomoedas relacionadas ao Twitter”, segundo comunicado.

Contrataram Tess Rinearson para liderar a iniciativa. Ela já trabalhou em equipes de engenharia em startups de criptomoedas como Interchain, Tendermint e Chain. Tess ser subordinada ao diretor de tecnologia do Twitter, Parag Agrawal.

O primeiro passo da executiva será explorar as três áreas principais de interesse da equipe. Depois, verá como a empresa pode continuar a apoiar criptomoedas como uma maneira dos criadores de conteúdo serem pagos. Relacionado a isso, ela irá explorar como tecnologias blockchain podem ser uma maneira adicional para criadores ganharem a vida. Finalmente, com a ajuda da empresa adquirida anteriormente Bluesky, irá liderar os esforços da empresa para descentralizar as redes sociais.

Objetivo do Twitter é ajudar os criadores

Há muito interesse entre os criadores para usar aplicativos descentralizados para gerenciar suas mercadorias virtuais e moedas, afirmou a rede social em comunicado. A nova equipe irá focar nisto, com o objetivo de longo prazo de explorar como as ideias do mercado de criptomoedas podem ajudar a ir além nas fronteiras do que é possível com identidade, comunidade e muito mais.

Não é a primeira vez que o Twitter trata de criptomoedas. Em setembro, a rede social começou a permitir que usuários enviem e recebam gorjetas em Bitcoin. O CEO Jack Dorsey sempre afirmou apoiar a tecnologia, especialmente na sua outra empresa, Square. Dorsey anunciou que desenvolverá por lá uma carteira de Bitcoin de hardware real. Ele também considera construir um sistema de mineração de Bitcoin.

Fonte: Engadget

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *