Imagem: 3Três Consultoria e Comunicação/Unsplash

A Urbs, empresa de transporte público de Curitiba, confirmou que um ataque hacker iniciado há 7 dias continua a causar transtornos para usuários na cidade. A recarga de cartões de transporte no site da empresa esteve indisponível ontem, 8 de março.

A falta de recarga dos cartões trava boa parte do sistema de ônibus na capital, pois 148 das 254 linhas têm pagamento exclusivo pelo cartão.

Há sete dias, site fora do ar, chave de Pix indisponível, e problemas no vale-estudante têm sido alguns dos problemas enfrentados.

Alternativa ao site é atendimento presencial em Curitiba

Para resolver a falta de recarga, os cidadãos poderiam pedir agendamento pelo site. Como o site está instável, os atendimentos presenciais também não são uma opção confiável. A prefeitura orientou cidadãos que procurem unidade da Urbs mas se houver horário de atendimento disponível, o usuário deve voltar até ser atendido.

A prefeitura afirmou ainda, em nota, que trabalha para aumentar a segurança do sistema.

O ataque hacker ao site da Urbs aconteceu no dia 1º de março, um dia após a Prefeitura de Curitiba anunciar o reajuste da tarifa do transporte coletivo, passando de R$ 4,50 para R$ 5,50, se tornando a tarifa mais cara entre todas as capitais brasileiras e uma das mais caras do país.

Via Gazeta do Povo/CBN Curitiba

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.