Uma nova tecnologia da Adobe promete transformar rascunhos feitos a lápis em desenhos completos, inclusive com sombreados. A ferramenta utiliza inteligência artificial (IA) para isso. A ideia faz parte do Projeto Sunshine, um “Sneak” compartilhado pela empresa.

Antes de mais nada, vale citar que esses Sneaks são demonstrações de pesquisa e desenvolvimento compartilhados pela Adobe para mostrar novas maneiras experimentais de manipular imagens e vídeos.

O que o Sunshine faz basicamente é analisar um esboço em preto e branco e, em seguida, transformá-lo em uma imagem vetorial – que pode ser expandida em qualquer tamanho. Algo que é bastante interessante e vai além de somente colorir automaticamente uma imagem.

Adobe

Foto: Adobe

Em uma demonstração compartilhada pela Adobe, um monstro ganha vida com o software. O interessante é observar como o sistema sabe quais cores usar. Por exemplo, na arcada dentária do desenho, todos os dentes são da mesma cor, o que mostra como o sistema “pensa”.

Desenho Adobe

Foto: Adobe

Para que isso fosse possível, a Adobe usou uma nova abordagem de aprendizado de máquina. Em vez de uma IA visual comum, a empresa desenvolveu um sistema que usa processamento de linguagem natural – algo semelhante ao que pode ser encontrado em assistentes de fala.

Por conta disso, o Projeto Sunshine pode rotular e organizar os elementos dos desenhos quase como se fossem palavras. A partir disso, pintá-los por números.

Essa ferramenta pode ser bastante útil para criadores de histórias em quadrinhos, por exemplo, pois pode ajudar na produção de cenas.

Projeto Adobe Make It Pop

A segunda funcionalidade que a Adobe compartilhou é conhecida como Make It Pop. Assim como o Sunshine, a ferramenta cria um desenho vetorial. No entanto, em vez de começar com esboços, é possível usar fotos ou vídeos.

Make It Pop

Foto: Adobe

Em um exemplo compartilhado, uma skatista foi totalmente transformada em desenho. É possível fazer isso em um vídeo também. O criador pode substituir uma pessoa por um avatar animado.

Vale lembrar que essas são apenas tecnologias que a Adobe está trabalhando. O que significa que ainda há muito trabalho a ser feito em relação ao desenvolvimento antes que cheguem para todos os usuários.

Via: Fast Company

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *